5 novas tecnologias que ajudam as empresas a crescer

5 novas tecnologias que ajudam as empresas a crescer

Posted on Posted in Tecnologia e Gestão

As novas tecnologias mudaram a nossa forma de viver e também têm contribuído para a evolução das empresas, sejam elas de pequena ou grande dimensão. Basta pensar na Internet para percebermos a importância que a tecnologia tem tido para os negócios. Certamente que não consegue citar um negócio atualmente que não utilize a Internet. As novas tecnologias, quando são bem aplicadas, conseguem ajudar as empresas a crescer e a evoluir. Neste artigo, apresentamos-lhe 5 novas tecnologias que vão ajudar o seu negócio a crescer!

Big Data

O Big Data define o inúmero volume de dados – estruturados e não estruturados – que têm impacto nos negócios do dia-a-dia. O que importa não é o volume de dados gerado, mas sim o que as empresas fazem com esses dados. O Big Data deve analisado para a obtenção de insights que ajudam as empresas a tomar as melhores decisões para o negócio. Hoje em dia, saber é poder e ter a máxima informação possível sobre o estado do negócio e dos clientes é fundamental para vencer a concorrência.

Cloud Computing

Armazenar informações na nuvem é já uma tendência um pouco por todo o Mundo. Cada vez mais os serviços de armazenamento oferecem melhores condições às empresas e garantem a segurança dos seus dados. Hoje em dia é possível integrar ambientes públicos e privados, dando assim origem à Cloud Híbrida. As empresas cada vez mais visam proteger os seus dados e o armazenamento na nuvem tem sido escolhido por muitos responsáveis de TI pois garantem uma maior proteção à sua informação.

Informação em tempo real

Devido aos sistemas de monitorização do negócio é possível analisar todos os eventos da empresa em tempo real. Cada vez mais é fundamental acompanhar a cada minuto o que se passa no mundo dos negócios pois só assim conseguirá estar um passo à frente da concorrência. Softwares como o Multipeers são cada vez mais uma necessidade no mundo do negócios pois além de permitirem acompanhar o negócio em tempo real, também enviam alertas para o utilizador sempre que acontece algo relevante para o negócio.

Internet das Coisas

De modo muito simplificado, a Internet das Coisas tem como objetivo conectar qualquer dispositivo à Internet. Segundo o Gartner, até ao ano 2020 haverá mais de 26 biliões de dispositivos conectados à rede. A nível doméstico, este conceito visa facilitar a vida das pessoas, mas a sua aplicação também terá impacto no mundo dos negócios. Nas indústrias, por exemplo, a Internet das Coisas revela-se muito útil pois é possível medir a temperatura e os níveis de humidade. Os sensores são integrados com ferramentas de monitorização de redes e sistemas e, caso os valores estipulados sejam ultrapassados são gerados alertas para a tomada de ações corretivas.

Drones

Desde a monitorização de pragas na agricultura até ao levantamento topográfico na indústria mineir, espera-se que o uso dos drones (veículos aéreos não tripulados) cresça bastante nos próximos anos. Devido aos custos elevados, estes aparelhos são utilizados atualmente apenas por grandes empresas, mas a tendência nos próximos tempos é baixarem os custos e assim poderão também ser adotados por pequenos negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *