Big Data e gestão de recursos humanos: entenda a relação

Big Data e gestão de recursos humanos: entenda a relação

Posted on Posted in Dicas de Gestão

As empresas procuram constantemente tirar o máximo partido dos dados para que possam tomar as melhores decisões para o negócio. O Big Data é um termo cada vez mais utilizado, pois as empresas procuram por soluções que lhes permitam gerir a informação e obter os melhores insights. A área dos recursos humanos tem prestado bastante atenção a esta onda gigante de informação que é criada diariamente nas empresas. Um estudo realizado pela Workday refere que nos próximos 5 anos a utilização de tecnologias de analítica sobre grandes volumes de dados terá um grande impacto na gestão de recursos humanos. No artigo de hoje, abordamos a relação entre Big Data e gestão de recursos humanos!

Entender a atitude das pessoas

People Analytics é um termo que vai estar muito em voga nos próximos anos. People Analytics é o processo de recolha, organização e análise de dados sobre o comportamento dos colaboradores, com o intuito de contribuir para as decisões tomadas na empresa, antecipando tendências e ajustando estratégias. O CEO da Humanyze e perito no assunto, Ben Waber refere que “quando usamos dados para entender os comportamentos dentro do ambiente de trabalho que tornam as pessoas eficientes, felizes, criativas, especialistas, líderes, seguidores, enfim, estamos usando People Analytics. É muito importante utilizar esta forma de análise para obter informações sobre quedas de produtividade, reduzido engajamento dos colaboradores e dificuldade em reter os melhores talentos. Com o uso de ferramentas de análise na gestão de recursos humanos torna-se mais simples analisar comportamentos, entender o porquê de as pessoas agirem de uma determinada forma e tomar ações corretivas antes que seja tarde demais.

Diminuição da rotatividade nas equipas

Muitas empresas enfrentam o desafio de verem as suas equipas mudar várias vezes num curto período de tempo. Sem perceberem porquê, não são capazes de reter os melhores talentos, o que faz com que exista pouca estabilidade. Através da análise dos dados, é possível conhecer melhor cada colaborador e contribuir para que ele se sinta bem no local de trabalho, evitando assim a sua saída. É importante conhecer as motivações, desejos a longo prazo e opiniões dos colaboradores, pois só assim os cargos de gestão conseguirão criar um ambiente agradável e onde cada colaborador se sinta bem.

Processos de recrutamento mais inteligentes

O Big Data na gestão de recursos humanos é um fator essencial para encontrar as pessoas certas para as funções certas. Por exemplo, através do Big Data é possível descobrir se as pessoas que têm uma experiência de trabalho interessante são ou não mais propensas a ficar na empresa por longos períodos de tempo ou se a duração das experiências anteriores tem impacto no desempenho da atual função. Com base nestes resultados, a empresa pode concentrar-se em fatores mais relevantes no momento de recrutar.

Avaliação do desempenho

O Big Data ajuda a garantir que o desempenho dos colaboradores é medido com mais precisão, determinando em quais períodos do dia a empresa tem melhores índices de produtividade. É possível também identificar quais colaboradores têm um melhor desempenho.

 

O Multipeers é um sistema de monitorização do negócio que o ajuda a analisar a enorme quantidade de informação que é gerada diariamente na sua organização. Através de dashboards simples, conseguirá perceber instantaneamente em que ponto está a sua empresa e agir de imediato para conseguir os melhores resultados possíveis!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *