Marketing digital: como monitorizar as redes sociais da sua empresa em tempo real

Marketing digital: como monitorizar as redes sociais da sua empresa em tempo real

Posted Leave a commentPosted in Internet e Marketing

Os negócios acontecem a um ritmo muito acelerado atualmente, o que obriga os gestores a acompanharem em tempo real tudo aquilo que se passa nas empresas. Hoje em dia, já não é aconselhável analisar apenas relatórios com alguns dias: o mercado exige que esteja sempre a par do que acontece no seu negócio. Além disso, a cada vez maior dependência do ser humano em relação às redes sociais dita a forma como as empresas devem acompanhar tudo o que se passa nos seus perfis de social media. Assim, é essencial estar sempre a par daquilo que acontece no mundo digital para que se possam aproveitar todas as oportunidades de negócio emergentes. No artigo de hoje, abordamos as principais formas de monitorizar as redes sociais da sua empresa em tempo real.

Buffer

Esta ferramenta foi criada em 2010 para agendar tweets. Contudo, o sucesso foi tanto que passou a disponibilizar o agendamento de publicações para outras redes sociais. Além do agendamento de publicações, esta ferramenta também permite criar relatórios sobre cada publicação.

Hootsuite

O Hootsuite também permite agendar publicações e dá-nos uma perspetiva real sobre o posicionamento da marca em cada rede social. O Hootsuite permite saber em tempo real aquilo que se diz sobre uma marca e possibilita ainda a criação de alertas que nos avisam sempre que alguém mencionar a nossa marca.

Impactana

Ferramenta que analisa o comportamento dos visitantes nos seus perfis nas mais diversas redes sociais. Esta ferramenta possibilita verificar as estatísticas de cliques, downloads, backlinks e comentários com bastante facilidade e em tempo real.

Multipeers

Multipeers é um sistema de monitorização do negócio que permite analisar ao minuto o que se passa na empresa. É um sistema BAM que nos dá informação sobre o estado de cada departamento, pois condensa a informação das diversas fontes de dados numa só plataforma. Deste modo, é mais fácil para os gestores saberem o que se passa em cada departamento, melhorando a comunicação entre todos e permitindo que se apliquem melhorias e correções. Além disso, também é possível ligar a ferramenta às diversas redes sociais e ser alertado sempre que existir atividade nos perfis da sua marca.

Porque devo monitorizar o que se passa nas redes sociais em tempo real?

  • Identificação de oportunidades de negócio: com a monitorização das redes sociais em tempo real poderá identificar oportunidades no exato momento em que elas aparecem, o que lhe permite estar sempre um passo à frente da concorrência. Uma flutuação na procura de um produto, por exemplo, poderá levá-lo a lançar uma campanha específica, aumentando as vendas e melhorando os resultados da empresa.

  • Possibilidade de alertas: os softwares de monitorização do negócio como o Multipeers permitem que defina alertas de negócio sempre que acontecer um desvio ao que é considerado normal dentro da sua empresa. Onde quer que esteja, será notificado por SMS ou e-mail sobre eventuais alterações e poderá agir de imediato, antes mesmo de haver prejuízos para a organização.

  • Decisões mais acertadas: quando sabe exatamente o que o seu público pensa sobre si e o que ele precisa, é muito mais fácil tomar a decisão certa. Analisar o que dizem sobre si em tempo real vai dar-lhe todos os inputs necessários para que possa decidir conscientemente sobre o melhor rumo a tomar. Os relatórios com alguns dias apresentam informação desatualizada, que não corresponde ao estado real da empresa naquele momento. Por isso, muitas vezes as decisões tomadas são desajustadas e não beneficiam o negócio.

10 KPI'S de marketing para todas as empresas

10 KPI’S de marketing para todas as empresas

Posted Leave a commentPosted in Internet e Marketing

Ter KPI’s definidos é essencial para o bom desempenho de uma empresa. Os KPI’s são os indicadores-chave de desempenho que nos indicam em que estado o negócio se encontra e quão longe (ou perto) estamos de cumprir os objetivos estabelecidos. Com base nos indicadores e no desempenho da empresa, os gestores podem tomar decisões mais assertivas e mais informadas. As ferramentas BAM como o Multipeers permitem acompanhar os KPI’s de forma contínua e em tempo real. Analisar o desempenho de forma constante garante que se dedique uma maior atenção ao cumprimento dos objetivos, aumentando efetivamente o grau de atingimento dos mesmos. A área do marketing é uma das que mais beneficia com o uso de ferramentas de monitorização de KPI’s. No artigo de hoje, vamos abordar 10 KPI’s de marketing para todas as empresas!

Taxa de crescimento anual

A taxa de crescimento anual calcula-se através da comparação de dados entre dois anos consecutivos. Com esta taxa, torna-se mais fácil perceber o desempenho anual das campanhas e retirar os valores que os efeitos da sazonalidade possam causar. Esta taxa de crescimento anual também permite perceber tendências.

Taxa de retenção de clientes

Para obter a taxa de retenção de clientes basta somar o total de clientes e subtrair o número de clientes que se perdeu num determinado período de tempo. Depois é só dividir o resultado pelo total de clientes. Quanto maior for a retenção, menor é a necessidade de adquirir novos clientes e maior será a probabilidade de gerar novas vendas para a mesma carteira de negócios.

Taxa de abertura de e-mail marketing

O e-mail marketing é um dos meios que as empresas mais utilizam para comunicar com os seus clientes atuais e potenciais. Esta taxa mede a percentagem de pessoas que abriu um e-mail enviado. Se a taxa for muito reduzida, está na hora da empresa pensar em alterar a sua estratégia, modificando os seus títulos e usando call to actions, por exemplo.

Número de propostas apresentadas

O número de propostas apresentadas é importante para percebermos quantos potenciais clientes manifestaram realmente interesse em comprar algo na nossa empresa. O número de propostas apresentadas tem que ter sempre como base o número total de contactos feitos.

Origem do tráfego

Indicador que revela a origem de uma visita ao website. É um indicador importante para percebermos que estratégias de social media estão a funcionar melhor, se a newsletter está a gerar visitas ou se as campanhas pagas estão a trazer retorno. Saber em que plataformas estão os nossos clientes e potenciais clientes é um importante guia para toda a nossa ação.

Taxa de rejeição

A taxa de rejeição mostra-nos a percentagem de visitantes que estiveram apenas numa página do seu site. Quanto maior for esta taxa, pior será o seu desempenho, pois significa que houve muitos visitantes a desistir rapidamente de navegar pelo seu site. Isto pode significar que o seu site está pouco apelativo ou que tem informação pouco relevante. Sempre que este valor for muito alto, deve investir tempo em melhorar o website. Caso contrário poderá perder muitas oportunidades de negócio.

Custo por lead

Este valor mostra-nos quanto custa à empresa adquirir uma lead. Obtemos este valor após dividir a quantidade de dinheiro investida no marketing pelo número de leads gerados. Estudos referem que o custo por lead gerado através do marketing digital é cerca de 61% mais baixo do que as leads geradas pelo marketing tradicional. Saber quanto nos custa gerar uma lead é essencial para que possamos redistribuir os investimentos e melhorar os resultados.

Visitas geradas pelas redes sociais

Se a sua empresa aposta na comunicação através das redes sociais, deve medir sempre o impacto que isso tem para o seu website e para o seu negócio. Não adianta colocar bom material nos perfis da empresa se depois isso não se traduz em visitas e em vendas. Semanalmente, deve medir quantas visitas teve a partir de cada rede social e deve investir mais naquelas que mais visitas geram. Se uma rede social não gera continuamente qualquer visita, deve ponderar se vale a pena continuar a investir nessa rede.

ROI

ROI significa return on investment e mede o resultado final de um investimento: relaciona todas as despesas envolvidas numa ação com os lucros obtidos graças a essa mesma ação. A fórmula para o cálculo do ROI é a seguinte: ROI = Lucro Líquido (Lucro total gerado pelo Investimento – Custo do total Investimento) / Custo do Investimento. Se o ROI for superior a zero, significa que o investimento foi positivo para a empresa. Se tiver valores negativos, houve prejuízo. É um dos indicadores mais importantes na área de marketing pois deve haver sempre uma avaliação de todas as ações efetuadas.

Taxa de conversão

Ter muitas visitas no website é muito importante e significa que o mesmo está com um bom desempenho e aparece nos motores de busca. Contudo, não basta que o visitante navegue pelo site e saia sem deixar um contacto ou sem comprar alguma coisa. A taxa de conversão relaciona o número de visitantes ao website com o número de visitantes que efetivam uma compra. É um indicador muito importante pois permite-nos perceber se o nosso site está realmente apelativo e se incentiva de modo claro à compra.

Como usar a inteligência artificial na área do marketing?

Como usar a inteligência artificial na área do marketing?

Posted Leave a commentPosted in Internet e Marketing

A inteligência artificial já está por todo o lado e não há como negar isso! Se há uns anos quando pensávamos em inteligência artificial “viajámos” para um futuro longínquo, hoje podemos dizer que a inteligência artificial já faz parte do nosso dia-a-dia. Uma das áreas que mais tem tirado proveito desta nova era é a área do marketing. No artigo de hoje vamos perceber como podemos usar a inteligência artificial na área do marketing.

Personalizar a experiência do consumidor

Esta é a área mais impactante da inteligência artificial na área do marketing. O consumidor é a pessoa mais importante de todo o processo comunicativo e com base nos dados recolhidos (informações pessoais, informações sobre o que pesquisa na internet, comportamento de compra) é possível oferecer conteúdos personalizados de acordo com as preferências reais de cada pessoa. Assim, cada consumidor vai sentir-se único e especial e a empresa lucrará com isso!

Utilização cada vez maior dos chatbots

Os chatbots são as estrelas da inteligência artificial. Estão ligados à base de dados da empresa e utilizam linguagem comum para falar com os clientes. São capazes de reconhecer nomes e números de telefone para prever o comportamento dos clientes. São sistemas muito inteligentes na medida em que armazenam a informação essencial para poderem encaminhar os clientes para as áreas que eles precisam de consultar. A Ryanair, por exemplo, utiliza já este sistema para falar com os clientes. A vantagem é que através dos chatbots se pode proporcionar uma experiência muito mais personalizada ao cliente, pois todas as suas preferências estão presentes!

Gestão mais centralizada

A inteligência artificial ajuda as empresas a interligarem todas as suas informações, o que tem um peso importantíssimo nas decisões de gestão e sobretudo na área de marketing. Uma empresa que analise a sua informação em tempo real e que tenha num só local todas as informações de negócio importantes será capaz de tomar decisões mais assertivas e acertadas, o que potencia o sucesso do negócio. O Multipeers é, por isso, uma ferramenta cada vez mais necessária nas empresas atuais.

Automatização de tarefas

Uma das vantagens mais importantes da inteligência artificial é a automatização de tarefas. Quanto mais automatizado o trabalho estiver, mais tempo disponível os colaboradores terão para tornar o negócio mais produtivo. A automatização pode ir desde as tarefas mais simples até às mais complexas. A nível do marketing, podemos automatizar um e-mail de boas-vindas a um novo subscritor de newsletter ou até mesmo um e-mail de agradecimento por uma compra na nossa loja on-line.

Melhor utilização dos dados

A inteligência artificial ajuda a compilar dados e a analisar experiências diárias, de modo a encontrar padrões e formas de melhoria. Os sistemas de inteligência artificial de análise de dados calculam de forma autónoma a informação de modo a gerar insights imprescindíveis para uma correta tomada de decisão. Com a experiência, as máquinas serão capazes de aprender a fazer previsões de comportamento quer dos colaboradores, quer dos clientes.

 

Estratégias de marketing em tempo real para o sucesso do seu negócio

Estratégias de marketing em tempo real para o sucesso do seu negócio

Posted Leave a commentPosted in Internet e Marketing

Os consumidores estão cada vez mais exigentes e menos pacientes: eles querem encontrar soluções e querem encontra-las agora! Hoje em dia, já não basta lançar um bom conteúdo ou uma boa campanha de marketing: é preciso ser-se o primeiro a ter a ideia que vai solucionar os problemas dos consumidores e a oferecer algo realmente distinto. O “agora” é a tendência do momento e por causa desta pressa em ter soluções surgem conceitos como o de marketing em tempo real. No artigo de hoje, vamos falar sobre estratégias de marketing em tempo real para o sucesso do seu negócio.

Eventos

Um evento de lançamento de um produto com acompanhamento em tempo real da opinião dos consumidores nas redes sociais é uma ótima forma de descobrir qual é a recetividade das pessoas relativamente à nova oferta. Atualmente, já não basta fazer um relatório após o evento acontecer. É necessário acompanhar ao segundo o que os consumidores estão a pensar sobre o novo produto, de modo a afinar estratégias.

Publicidade baseada em localização

Hoje em dia, muitas empresas já fazem publicidade aos seus serviços com base na localização. Através do sistema GPS, os consumidores recebem informação sobre restaurantes, cabeleireiros e outros serviços próximos da área onde estão. Desta forma, é muito mais fácil conseguir captar a atenção de potenciais clientes pois encontram-se nas proximidades do serviço.

Análise de previsão de consumo

Esta estratégia é muito utilizada em e-commerce. Quem entra em lojas online percebe quehá uma inteligência por trás que nos indica produtos relacionados ou complementares relativamente às nossas pesquisas. O objetivo desta estratégia de marketing em tempo real é realizar cross selling e aumentar o valor médio da compra. Automatização de processos, integrações com bases de dados e análise desses dados são ferramentas essenciais para conseguir aplicar esta estratégia.

Análise dos dados em tempo real

Lançar campanhas e promoções é importante para promover os produtos e as marcas, mas se não houver um acompanhamento efetivo em tempo real não é possível tirar os insights necessários para tomar decisões. Ferramentas BAM como o Multipeers são imprescindíveis na realidade empresarial atual, na medida em que permitem analisar em tempo real o que se passa em cada uma das áreas do negócio. Através de um dashboard simples e informativo, é possível verificar se as vendas de um produto estão a aumentar devido a uma campanha específica.

Entenda a relação entre análise de dados e gestão de marketing

Entenda a relação entre análise de dados e gestão de marketing

Posted Leave a commentPosted in Internet e Marketing

As empresas geram cada vez mais dados no seu dia-a-dia, mas mais importante que a quantidade é a capacidade de analisar a informação gerada. Atualmente, produz-se 5 vezes mais informação do que em 1987 e um dos maiores desafios das empresas é analisar os dados eficazmente, para que possam tomar decisões em com base em factos fidedignos. A gestão de marketing é uma das áreas que mais pode beneficiar com a correta gestão da informação. No artigo de hoje, vamos falar sobre a relação entre análise de dados e gestão de marketing!

Criar relatórios com frequência

A análise de dados deve ser feita de forma constante, para que as decisões sejam tomadas com base em informação atual. Muitas empresas fazem relatórios semanais e quando encontram a informação esta já tem alguns dias. O ideal é criar relatórios curtos e relevantes e de fácil leitura. O Multipeers permite que crie relatórios simples, em que todos os utilizadores percebem a informação e os outputs da análise. Esta alteração vai impactar positivamente nas ações de marketing, que serão muito mais controladas e efetivas.

Saber o que se pretende analisar

Os dados não servem para nada se não soubermos o que precisamos de fazer com eles. É essencial definir as principais métricas de análise e avaliar com frequência se as métricas que estamos a analisar ainda fazem sentido para o negócio. Atualmente, os negócios acontecem a um ritmo muito dinâmico e isso causa mudanças constante. Analisar os dados de modo eficaz permite-nos oferecer um melhor serviço ao cliente, pois estaremos mais conscientes daquilo que eles realmente precisam.

Personalizar a experiência do utilizador

Hoje em dia, o consumidor é cada vez mais exigente e é essencial conseguir criar uma experiência única para cada um deles. Essa tarefa só é possível com base na análise de dados. A Netflix é um bom exemplo neste setor, pois sugere filmes e séries de acordo com as preferências e hábitos de cada utilizador. Se conhecer bem o seu cliente, vai conseguir prestar-lhe um serviço diferenciado e a análise de dados é essencial neste capítulo.

Análise de dados em tempo real

Hoje em dia, já não basta analisar os dados após uma semana das situações acontecerem. Tudo acontece a um ritmo muito rápido e é imprescindível que analise os dados no exato momento em que eles acontecem. O Multipeers permite-lhe analisar os dados em tempo real e alerta-o para situações que saem do previamente estabelecido como normal. Vamos imaginar que é dono de uma cadeira de acessórios de moda e que pretende que todos os dias até ao meio-dia venda X. Se num dia o valor estiver fora do seu padrão normal, o Multipeers alerta-o de imediato para que possa tomar ações, como por exemplo lançar uma campanha promocional para esse dia.

Investir tempo na análise de dados

Os dados são gerados e muitas vezes organizados em relatórios que ninguém lê. Quando assim é, os dados perdem o seu propósito e a organização perde a oportunidade de ter melhores resultados. É muito importante que o gestor de marketing dedique uma parte do seu tempo a analisar a informação, pois só assim será capaz de criar estratégias relevantes para a empresa.

 

Google Trends e informação em tempo real

Google Trends e informação em tempo real

Posted Leave a commentPosted in Internet e Marketing

O Google Trends é uma plataforma gratuita que nos mostra a evolução de uma determinada pesquisa ao longo do tempo. Quando pesquisa por uma palavra, a ferramenta mostra-lhe um gráfico que relaciona o número de pesquisas com o tempo. Essa pesquisa pode ser filtrada por categoria, localização e período de tempo específico. No artigo de hoje, vamos abordar a relação entre o Google Trends, informação em tempo real e benefícios da utilização desta ferramenta para o seu negócio!

Informação em tempo real

Cada vez mais, as pessoas procuram informação atualizada ao minuto e já não se contentam com ler as notícias de ontem na manhã de hoje: elas procuram saber, a cada momento, o que se passa no Mundo. Devido a esta exigência maior dos utilizadores, o Google Trends ampliou a sua pesquisa e disponibiliza um filtro em tempo real. O Google coleta dados de inúmeras fontes, incluindo pesquisas no Youtube e Google News. Pode acompanhar-se a pesquisa de uma determinada palavra-chave em tempo real e por geografia, o que nos dá muita informação sobre o interesse de cada país num determinado tema.

Como é que o Google Trends ajuda o meu negócio?

Hoje em dia, todos os negócios precisam de ter uma forte presença online para vencerem e é essencial que saiba otimizar o seu website e redes sociais para os motores de busca, caso contrário não será encontrado pelo seu público-alvo. O Google Trends dá-nos informação sobre aquilo que as pessoas procuram no momento. Se no seu website tem um blog onde cria conteúdo sobre a sua área de atuação, a utilização do Google Trends é quase obrigatória. Esta ferramenta vai ajudá-lo a perceber quais os temas mais populares do momento e depois é só encontrar forma de o relacionar com o seu negócio para criar um conteúdo relevante naquele momento.

O Google Trends permite-lhe comparar termos. Se tiver uma loja de roupa de desporto, por exemplo, pode comparar diversos termos, de modo a descobrir em qual deve apostar na sua estratégia de marketing digital. A ferramenta vai ajudá-lo a perceber se as pessoas no seu país pesquisam mais sobre “roupa de desporto da Nike”, “roupa de desporto da Adidas” ou “roupa de desporto da New Balance”. Assim, vai poder utilizar o termo mais pesquisado e isso vai refletir-se nas visitas ao seu website.

O facto de poder pesquisar por região é também muito importante, pois permite-lhe uma segmentação mais acertada do seu público-alvo. Se souber que no Norte do seu país as pessoas pesquisam maioritariamente por “roupas de desporto da Nike”, vai ser capaz de criar uma campanha mais focada e com melhores resultados.

 

É cada vez mais importante acompanhar a evolução das necessidades dos consumidores e os seus interesses, pois só desta forma será capaz de produzir conteúdo de qualidade e com relevância. A informação gerada por minuto na Web é praticamente imensurável, pelo que é necessário estar atento a tudo para responder o mais rapidamente possível aos desejos do seu público-alvo e destacar-se assim da concorrência.

A informação em tempo real faz parte dos negócios. Faça download do nosso e-book sobre Business Activity Monitoring e saiba como uma gestão em tempo real o ajudará a cumprir os seus objetivos!

 

5 Tendências de marketing para 2018

5 Tendências de marketing para 2018

Posted Leave a commentPosted in Internet e Marketing

O mundo do marketing avança a um ritmo muito acelerado e todos os anos existem novas tendências e novas formas de conseguir chegar ao público-alvo. Atualmente, as empresas aliam formas de marketing tradicionais com o marketing digital, o que lhes permite atingir os consumidores potenciais através de diversas plataformas. No artigo de hoje, vamos abordar as 5 principais tendências de marketing para 2018!

Realidade Virtual

Uma das principais tendências do próximo ano será a inclusão da realidade virtual nas empresas, sobretudo na área do marketing. Uma das principais aplicações da realidade virtual no mundo do marketing é ajudar o consumidor na sua decisão de compra, pois esta tecnologia permite visualizar melhor um produto ou serviço. É possível simular a decoração de uma casa ou até mesmo verificar como fica determinada divisão antes mesmo de ser construída. Também nas lojas online esta tecnologia se aplica muito bem, pois é possível verificar como é que uma peça de roupa nos fica sem termos que nos deslocar até à loja para experimentá-la.

Marketing em tempo real

Os consumidores estão cada vez mais exigentes e até no modo de relacionamento com as marcas se verifica essa tendência. O consumidor atual é mais impaciente e isso faz com que prefira um contacto em tempo real com uma marca do que comunicar pelos meios mais tradicionais. Atualmente, as pessoas preferem assistir a uma transmissão em direto (por exemplo através do Facebook ou do Instagram) do que ler um blog. Isso faz com que as marcas tenham uma janela de oportunidade nesta área e possam apresentar os seus serviços, produtos e momentos especiais da empresa em tempo real.

Marketing de Influencers

As empresas em 2018 devem continuar a investir em influenciadores digitais. Cada vez existem mais bloqueadores de anúncios e uma alternativa é investir em digital influencers que estejam presentes no dia-a-dia do público-alvo. De acordo com um artigo publicado no Portal Administradores, está provado que 90% dos consumidores confia em recomendações de colegas. Apenas 33% valorizam os anúncios pagos. Assim, as empresas devem pensar em pessoas importantes na sua área de atuação, de modo a conseguirem atingir o target através de uma influência real.

Conteúdo original

O marketing de conteúdo continuará a ter uma grande importância em 2018. As empresas devem investir em conteúdo 100% próprio e original para as redes sociais e para sites e blogs. A Netflix e a Apple são duas marcas que trabalham muito bem este setor, pois conseguem criar sempre conteúdo original que acaba por se tornar viral. Os consumidores atuais procuram coisas diferentes, pelo que as empresas devem investir nesta área.

Chatbots

Os chatbots vão crescer muito em 2018. Os consumidores procuram uma comunicação em tempo real e uma resposta instantânea, pelo que se as empresas não quiserem perder oportunidades, terão que investir nesta nova tecnologia, para dar uma resposta eficiente a todos os pedidos.

Faça download do e-book sobre as tendências tecnológicas a não perder em 2018 e prepara-se para um ano recheado de novidades!

Saiba como a Internet das Coisas vai influenciar o seu negócio

Saiba como a Internet das Coisas vai influenciar o seu negócio

Posted Leave a commentPosted in Internet e Marketing

A Internet das Coisas vai influenciar o seu negócio

A Internet das Coisas descreve um cenário em que variados objetos utilizados no quotidiano estão ligados à Internet. Atualmente, cada vez mais objetos se encontram ligados à Web. No início desta era digital, apenas era possível conectar smartphones e tablets e, no entanto, nos últimos anos temos assistido a uma revolução nesta área e atualmente já é possível conectar consolas de jogos, televisões e câmaras de vigilância à rede. As aplicações da Internet das Coisas têm uma visão que vai ainda mais além disto e vai afetar largamente os negócios. Hoje vamos falar sobre os principais impactos da Internet das Coisas nos negócios!

Serviço inteligente

A Internet das Coisas pode facilitar muito o serviço de atendimento para o cliente. Hoje em dia, graças a esta tecnologia, já é possível sermos avisados que um item dentro de um frigorífico ou de uma arca se encontra perto do fim do prazo de validade. Isto é uma enorme vantagem para as empresas que vendem produtos congelados, como os hipermercados.

Marketing em tempo real

Com a Internet das Coisas é possível recolher dados reais e atualizados sobre os consumidores em tempo real, antecipando as suas necessidades e criando estratégias e campanhas que as satisfaçam. A recolha de dados em tempo real é bastante mais eficaz do que estudos de mercado exaustivos e muda toda a forma de trabalhar no mundo empresarial, transformando as empresas em organismos proativos e não puramente reativos.

Manutenção do equipamento

A Internet das Coisas pode ser usada para transmitir informação sobre o desgaste dos equipamentos de uma empresa, ajudando assim nas questões de manutenção. É possível também reconhecer falhas no início dos processos produtivos, o que permite que o problema seja reparado de imediato, prevenindo complicações mais sérias no futuro e evitando perdas de lucro.

Logística

A conexão dos equipamentos de logística com a Internet das Coisas contribui para que as empresas aumentem a sua eficiência no atendimento ao cliente, além de que é possível também fazer entregas mais rapidamente e aumentar assim a satisfação do cliente. Todo o negócio consegue ser acompanhado em tempo real e todas as informações se encontram conectadas entre si.

Aplicação no Data Center

Nas indústrias, a Internet das Coisas revela-se muito útil pois é possível medir a temperatura e os níveis de humidade. Os sensores são integrados com ferramentas de monitorização de redes e sistemas e, caso os valores estipulados sejam ultrapassados são gerados alertas para a tomada de ações corretivas.

A Internet das Coisas vai crescer muito nos próximos anos. Um estudo da Gartner estima que haverá 8,4 mil milhões de dispositivos conectados até ao final de 2017. As empresas devem tirar o máximo partido das tecnologias, aplicando-as em prol da sua eficiência e da satisfação do cliente.

4 Mitos sobre a gestão da informação

4 Mitos sobre a gestão da informação

Posted Leave a commentPosted in Internet e Marketing

Mitos sobre a gestão da informação

Gerir a informação e os dados nas empresas é uma das principais preocupações dos gestores e é um tema que tem estado cada vez em voga. As ameaças à segurança da informação aparecem cada vez mais em maior número e das mais variadas formas e é difícil conseguir gerir todos os dados das empresas de forma segura e eficaz. Neste artigo, vamos desmistificar 4 ideias generalizadas sobre a gestão da informação que o vão ajudar a gerir melhor os dados da sua empresa!

Mito: já não é possível garantir a segurança dos dados

Os ataques informáticos estão a aumentar e cada vez existe mais variedade nas formas de ataque. Contudo, é possível reformular as estratégias de segurança da informação e alterar algumas rotinas: verificar o antivírus com regularidade, alterar passwords com frequência e escolher bons serviços Cloud são algumas dicas para garantir maior segurança da informação interna.

Mito: não é possível prevenir, apenas reagir

A ameaça mais frequente atualmente é o chamado ransonware. Neste ataque, os hackers roubam dados e pedem resgate em BitCoins para devolvê-los à empresa. Este ataque ocorre através do envio de um email para um colaborador da empresa que o abre sem se aperceber que é uma ameaça. Automaticamente é feito um download de malware para o computador. Ou seja, isto mostra-nos que investir na formação dos colaboradores é essencial para que estes erros não se cometam. Fazer campanhas de sensibilização para a importância da segurança da informação é uma forma de prevenção.

Mito: basta atualizar os sistemas para garantir a proteção

Na verdade, uma atualização do sistema pode significar uma ameaça ainda maior para a segurança dos dados. É essencial que as empresas testem as atualizações em ambientes próprios para o efeito antes de partir para a atualização efetiva do sistema. Assim conseguem-se detetar ameaças e eliminar vulnerabilidades da atualização.

Mito: a gestão da informação apenas diz respeito aos gestores de TI

Numa organização é fundamental que todos os colaboradores estejam comprometidos com a questão da segurança. É por isso que as campanhas de sensibilização para este tema são tão importantes. A responsabilidade de proteger os dados confidenciais das empresas é de todos que lá trabalham. Além disso, quantos mais dados os gestores reunirem mais confiança terão na hora de tomar decisões. O Big Data e a análise dos dados em tempo real são duas tendências em crescimento e estão a mudar a forma como gerimos a informação empresarial.

Proteger a informação da sua empresa é fundamental para que possa garantir que nenhuma informação confidencial é passada para o exterior. A prevenção e formação juntos dos colaboradores é o ponto-chave para garantir que os dados se encontram protegidos e seguros. Produtos como o Datapeers são cada vez mais necessários na realidade empresarial atual pois permitem proteger a informação e garantem o cumprimento das normas do novo regulamento de proteção dos dados, a entrar em vigor em maio de 2018 na União Europeia.

5 Tendências de Marketing Digital que influenciam a gestão

Posted Leave a commentPosted in Internet e Marketing

Conheça as tendências de marketing digital que mais influenciam a gestão

A evolução da tecnologia criou novas formas de consumo e o mercado tem-se adaptado a uma nova forma de se relacionar com os potenciais e atuais clientes. Isto fez com que o marketing digital ganhasse um papel de grande destaque nas empresas atualmente. Hoje em dia, tudo acontece a uma velocidade estonteante e as mudanças ocorrem com elevada frequência. As empresas precisam de agir proativamente e necessitam de estar a par das tendências para conseguirem acompanhar o mercado e a concorrência com eficácia. Apresentamos-lhe neste artigo 5 tendências de marketing digital que influenciam a gestão!

Links Patrocinados

O Google e o Facebook são os dois gigantes nesta guerra. Criar anúncios nestas duas plataformas é uma tendência cada vez mais evidente. O Google Adwords e o Facebook permitem criar anúncios cada vez mais segmentados, o que facilita muito a comunicação das empresas com os potenciais clientes. O alcance das publicações das páginas no Facebook é cada vez mais reduzido, o que nos indica claramente que o Facebook quer apostar e privilegiar as páginas que patrocinam publicações. A nível do Google Adwords assistimos a anúncios cada vez mais segmentados e sofisticados, o que nos mostra que o grande gigante das pesquisas na Internet está constantemente a investir e a inovar os seus serviços.

Foco no cliente

Mais do que nunca o foco deve estar centrado no cliente e na resolução das suas necessidades. O uso massivo das redes sociais privilegia o contacto das empresas com os potenciais clientes e permite que se crie conteúdo de acordo com as suas necessidades e preferências. Oferecer uma boa experiência de compra e um bom serviço pós-venda é essencial para que fidelizar o cliente. As empresas devem ter em consideração que hoje em dia é muito fácil para um cliente insatisfeito espalhar uma mensagem negativa sobre um determinado produto ou serviço, pelo que devem maximizar todos os seus esforços para agrada-lo. As marcas devem ter o cuidado de monitorizar em tempo real tudo o que se diz elas no mundo digital, para que possam responder em tempo útil com ações adequadas. Softwares como o Multipeers permitem que se analise toda a informação do negócio ao minuto e são cada vez mais essenciais no mundo dos negócios atual.

Big Data

O grande volume de dados com o qual as empresas têm que lidar todos os dias é uma das principais preocupações do momento. Os dados são informação e mais do que nunca ter informação é ter poder para decidir de forma consciente. As ferramentas de análise como o Google Analytics devem ser utilizadas de modo a obter os principais insights sobre a presença digital das empresas. Deste modo, as empresas conseguem reestruturar e adaptar a sua presença na web de acordo com o seu desempenho.

Predominância do mobile

O acesso à internet através de dispositivos móveis já ultrapassou os acessos em desktop e a tendência é continuar a subir nos próximos tempos. Os próprios motores de busca já se adaptaram a esta nova realidade e privilegiam os websites que são mobile-friendly. As empresas devem incluir na sua estratégia de marketing digital um espaço para tornarem os seus websites cada vez mais responsivos. O uso massificado de dispositivos móveis para aceder à Internet também potencia o acesso às diversas redes sociais. Atualmente o consumidor não vai à Internet: ele vive online.

Remarketing

Este novo conceito estimula o regresso de um cliente para terminar uma compra que iniciou e é uma das principais tendências na área do e-commerce. O remarketing aumenta a conversão de leads e a aproximação com o cliente. O grande é objetivo é reconquistar o lead e apresentar-lhe conteúdo de acordo com as suas necessidades até que ele efetue a compra.

O marketing digital é sem dúvida uma grande tendência do mundo dos negócios e as empresas devem investir em ter uma presença digital positiva. Conteúdo interessante, sites “amigos” dos dispositivos móveis e foco total no cliente são armas indispensáveis para vencer nos dias de hoje!