5 Motivos para investir num ERP

5 Motivos para investir num ERP

Posted 3 CommentsPosted in Dicas de Gestão

ERP significa Entreprise Resource Planning, ou seja, Planeamento dos Recursos Corporativos. Surgiu no final dos anos 50, época em que se começou a aliar a gestão à tecnologia. Inicialmente, o seu objetivo era otimizar o tempo que se gastava em tarefas manuais, mas hoje este recurso é capaz de integrar todas as informações e processos de uma organização num só local. A missão desta ferramenta é agrupar todos os departamentos da empresa, proporcionando uma melhor comunicação, através de um fluxo de informação contínuo. Este fator revela-se de grande utilidade pois os processos de uma empresa dependem uns dos outros e uma falha de comunicação ou perda de transmissão dos dados pode significar grandes perdas de produtividade e de lucro. No artigo de hoje, apresentamos 5 motivos para investir num ERP!

Controlo geral do negócio

Este é o principal motivo pelo qual deve investir num ERP. A centralização da informação é cada vez mais importante, pois permite um maior controlo sobre os dados e uma tomada de decisão mais eficiente. Os processos tornam-se mais simples e conseguem reduzir-se os custos com formação de utilizadores e infraestruturas. Saber o que se passa no seu negócio é fundamental para tomar as decisões certas e, no dia-a-dia agitado de um gestor, a informação agrupada torna-se uma mais-valia.

Gestão mais eficiente dos Clientes

A informação no ERP sobre os clientes e potenciais clientes da empresa pode ser uma grande vantagem competitiva para as empresas que pretendem adaptar-se a mudanças mais rapidamente. Os sistemas de monitorização permitem obter dados imediatos sobre as ações dos clientes e interações com a empresa, bem como informação sobre o seu histórico de compras. Isto permite que a comunicação com o cliente se torne mais personalizada e objetiva.

Torna os processos empresariais mais ágeis

Como os programas de gestão apresentam a informação de forma condensada e já pronta para análise, a necessidade de fazer relatórios extensos vai desaparecer. Desse modo, os colaboradores que antes tinham essa responsabilidade vão ficar com mais tempo disponível para outras tarefas, o que certamente contribuirá para um aumento de produtividade. A análise em tempo real em conjunto com o ERP elimina as tarefas mais burocráticas, o que torna a empresa mais ágil.

Diminuição da probabilidade de errar

O uso de um ERP reduz as falhas de comunicação e acelera a consolidação dos dados. Toda a informação da empresa vai estar apenas num local, o que torna os processos de análise mais ágeis e eficazes. Assim, a probabilidade de haver falhas de comunicação torna-se bastante reduzida, o que contribui para uma tomada de decisão mais assertiva.

Grande mobilidade

Atualmente, quase todos os ERP apresentam a possibilidade de serem utilizados em dispositivos móveis. Assim sendo, é possível estar numa reunião ou numa viagem e ter informação real e atualizada sobre o estado do negócio. Esta é uma vantagem muito importante, pois cada vez mais o seu negócio é no local em que se encontra, pelo que é fundamental que tenha sempre acesso à informação mais atual sobre a sua empresa!

 

Analisar os dados em tempo real é cada vez mais uma realidade nas empresas em todo o Mundo. Os negócios acontecem a um ritmo muito acelerado e é essencial que saiba o que está a acontecer na sua empresa para conseguir tomar as decisões mais adequadas para o seu negócio. Faça download do nosso e-book e saiba como uma ferramenta BAM o pode ajudar a gerir!

 

 

7 Ferramentas de gestão que todos os empresários devem utilizar

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

No dia-a-dia empresarial agitado, nem sempre é fácil conseguir gerir todos os projetos e tarefas. Felizmente existem aplicações e ferramentas de gestão que nos simplificam a vida caso sejam bem utilizadas. Neste artigo apresentamos-lhe 7 aplicações e ferramentas de gestão que todos os empresários devem utilizar!

Dropbox

A Dropbox é um serviço para armazenamento e partilha de arquivos. O seu conceito baseia-se na Cloud Computing e, através deste serviço (gratuito até um limite de espaço), pode criar uma pasta virtual no seu computador que ficará armazenada na nuvem e partilhá-la facilmente com quem quiser. Pode modificar e trabalhar na pasta como se fosse uma pasta normal e todos os arquivos estão protegidos mesmo que aconteça algo com o computador.

Ciclo PDCA

O ciclo PDCA é uma das ferramentas de gestão mais fundamental para a sua empresa porque ele segue 4 etapas indispensáveis para o seu bom funcionamento e eficiência. A sigla PDCA significa planear, executar, analisar e corrigir. A aplicação desta técnica em todas as tarefas e departamentos de uma empresa garante a otimização dos recursos e a melhoria constante do desempenho individual e coletivo.

Análise de KPI’s

Um KPI – indicador de performance – é um valor que demonstra se a empresa está a atingir os seus principais objetivos. A empresa pode e deve ter KPI’s bem definidos. Do mesmo modo, cada departamento e colaborador deve conhecer os seus KPI’s de modo a que possa trabalhar no sentido de atingir os seus objetivos e ajudar a empresa a crescer. “Se não sabemos para onde vamos qualquer caminho serve”: deste modo, é indispensável que cada colaborador conheça o seu papel na empresa para que possa orientar o seu trabalho diário no sentido de atingir todos os seus objetivos.

MindMeister

O MindMeister é um mapa mental online que lhe permite acrescentar ideias a um esquema, de modo a que todos os seus pensamentos relacionados com determinado projeto fiquem organizados no ecrã, de modo a conseguir tomar decisões mais facilmente. É uma forma prática e rápida de organizar a informação.

ERP

O ERP (entreprise resource planning) é o software de gestão que gere toda empresa e é a ferramenta mais básica que uma empresa deve ter. O ERP controla todos os processos da empresa e é uma ferramenta muito importante para que possa gerir e decidir com segurança-

Google Analytics

O Google Analytics permite-lhe analisar o estado do seu website. No mundo atual, em que todos vivemos online, o nível de desempenho do website é um indicador essencial para medir o sucesso do negócio. Esta ferramenta é gratuita e de fácil utilização e permite-lhe saber o número de visitas, origem das visitas, páginas mais vistas, entre muitos outros indicadores que lhe permitirão melhorar o seu website.

Análise de dados em tempo real

O mundo dos negócios é cada vez mais acelerado e é essencial que um gestor saiba, a cada momento, o que se passa na sua empresa. Analisar relatórios com alguns dias significa ter uma ação reativa aos acontecimentos, o que pode trazer prejuízos para a empresa. Assim, a análise de dados em tempo real é cada vez mais essencial no mundo empresarial. O Multipeers é um sistema BAM que permite analisar o negócio ao minuto, através de uma plataforma onde se encontram todas as informações da empresa, oriundas das diversas fontes de dados. Isto permite uma tomada de decisão mais rápida e altamente efetiva.

 

Conheça as vantagens do sistema BAM e saiba como estas ferramentas podem ajudar o seu negócio!

ERP e CRM: tudo o que precisa saber sobre estes conceitos

ERP e CRM: tudo o que precisa saber sobre estes conceitos

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

A tecnologia mudou o modo como encaramos os negócios e como trabalhamos. Existem diversas soluções que nos ajudam no nosso dia-a-dia empresarial, automatizando processos e facilitando a consulta da informação. ERP e CRM são dois conceitos presentes em muitas empresas, mas existem muitas pessoas que ainda confundem os dois temas. Neste artigo, vamos mostrar-lhe tudo o que precisa de saber sobre ERP e CRM!

ERP: definição

ERP significa Entreprise Resource Planning, ou seja, Planeamento dos Recursos Corporativos. Surgiu no final dos anos 50, época em que se começou a aliar a gestão à tecnologia. Inicialmente, o seu objetivo era otimizar o tempo que se gastava em tarefas manuais, mas hoje este recurso é capaz de integrar todas as informações e processos de uma organização num só local.

A missão desta ferramenta é agrupar todos os departamentos da empresa, proporcionando uma melhor comunicação, através de um fluxo de informação contínuo. Este fator revela-se de grane utilidade pois os processos de uma empresa dependem uns dos outros e uma falha de comunicação ou perda de transmissão dos dados pode significar grandes perdas de produtividade e de lucro.

O ERP é, deste modo, o software mais básico de uma empresa e garante o controlo financeiro da organização. O ERP permite que deixe de usar dezenas de softwares isolados e garante um maior controlo sobre tudo o que se passa numa empresa.

CRM: definição

CRM é a sigla para Customer Relationship Management, ou seja, Gestão do relacionamento com o cliente e é utilizado por milhares de empresas para gerirem o seu relacionamento com os atuais e potenciais clientes.  Este software tem como objetivo proteger as informações comerciais de uma empresa. Ao mesmo tempo, um CRM ajuda a identificar as melhores ações e a melhor altura para contactar o cliente, de modo a impulsionar a venda. Do mesmo modo, permite avaliar objetivos e avaliar a equipa de vendas.

De modo resumido, podemos dizer que o ERP ajuda a:

– Reduzir os custos com TI, recursos humanos e perdas de produtividade;
– Reduzir os prazos de entrega, pois estimula a produtividade;
– Facilitar a gestão dos stocks e a compra e venda de mercadorias;
– Melhorar a gestão tributária.

De modo resumido, podemos dizer que o CRM ajuda a:

–  Reduzir custos com papel;
– Reduzir o tempo na procura de informações e documentos;
– Facilitar o a formação das equipas através do software;
– Aumentar as vendas, pois pode dedicar-se mais tempo às vendas e deixar de lado tarefas mais administrativas.

 

O Multipeers é um sistema BAM que permite conexão aos diversos softwares existentes numa empresa, facilitando a troca de informações entre eles e permitindo uma rápida e eficiente tomada de decisão.

Saiba como um sistema BAM pode ajudar a sua empresa a crescer!