O que muda nas empresas com a inteligência artificial?

O que muda nas empresas com a inteligência artificial?

Posted Leave a commentPosted in Tecnologia e Gestão

Estamos numa nova era: vivemos atualmente na idade da inteligência artificial e não há como fugir disso. Brian Krzanich, CEO da Intel, garante mesmo que todas as empresas serão afetadas por esta nova tecnologia. A verdade é que tendo em conta a evolução tecnológica a que assistimos, se as empresas não se adaptarem à realidade atual, facilmente serão substituídas pela sua concorrência. Mas afinal, o que muda nas empresas com a inteligência artificial?

Antes de mais, o que é inteligência artificial?

A inteligência artificial é a capacidade que as máquinas têm para pensarem como seres humanos. Define a sua capacidade de aprender, raciocionar e decidir de forma autónoma e inteligente. Ao contrário do que se pensa, este não é um conceito recente. Surgiu pela primeira vez em 1956 por John McCarthy, um professor universitário que usou o termo para descrever um mundo longínquo em que as máquinas seriam capazes de resolver todos os problemas que até então eram resolvidos exclusivamente pelos seres humanos.

O que muda nas empresas?

Melhor utilização dos dados

A inteligência artificial ajuda a compilar dados e a analisar experiências diárias, de modo a encontrar padrões e formas de melhoria. Os sistemas de inteligência artificial de análise de dados calculam de forma autónoma a informação de modo a gerar insights imprescindíveis para uma correta tomada de decisão. Com a experiência, as máquinas serão capazes de aprender a fazer previsões de comportamento quer dos colaboradores, quer dos clientes.

Chatbots serão o futuro

Os chatbots são as estrelas da inteligência artificial. Estão ligados à base de dados da empresa e utilizam linguagem comum para falar com os clientes. São capazes de reconhecer nomes e números de telefone para prever o comportamento dos clientes. São sistemas muito inteligentes na medida em que armazenam a informação essencial para poderem encaminhar os clientes para as áreas que eles precisam de consultar. A Ryanair, por exemplo, utiliza já este sistema para falar com os clientes.

Gestão mais eficaz

A inteligência artificial ajuda as empresas a interligarem todas as suas informações, o que tem um peso importantíssimo nas decisões de gestão. Uma empresa que analise a sua informação em tempo real e que tenha num só local todas as informações de negócio importantes será capaz de tomar decisões mais assertivas e acertadas, o que potencia o sucesso do negócio. O Multipeers é, por isso, uma ferramenta cada vez mais necessária nas empresas atuais.

Eliminação das tarefas mais burocráticas

A inteligência artificial ajuda a que os colaboradores deixem de perder tempo com tarefas demasiado burocráticas e administrativas. Através de regras, é possível que robots desempenhem a função de assistentes pessoais, dando informações sobre as tarefas do dia-a-dia, reuniões agendas e tempos de viagem.

Desafios do tratamento da informação em tempo real

Desafios do tratamento da informação em tempo real

Posted Leave a commentPosted in Soluções de Gestão

Conheça os principais desafios do tratamento da informação em tempo real

Num mercado altamente competitivo e dinâmico, saber é poder e ter informação em tempo real é um passo importante para o sucesso de qualquer negócio. No entanto, esta nova forma de gestão traz consigo inúmeros desafios do tratamento da informação e dúvidas e é sobre isso que este artigo se foca.

Definição correta dos indicadores de negócio

Um dos principais problemas apresentados pelas equipas de gestão é o desconhecimento sobre os indicadores que realmente são relevantes para o negócio. Um sistema de gestão em tempo real dá-nos informação atualizada ao segundo sobre o estado do negócio, mas é preciso definir os indicadores que queremos analisar. Muitas vezes, as equipas de gestão não estão certas sobre os indicadores nos quais deve recair a sua atenção, o que constitui um desafio. É fundamental ter um conhecimento amplo e profundo sobre o negócio para que seja possível definir os indicadores de negócio mais relevantes para que se possam tomar as melhores decisões. Os gestores são responsáveis por decidir quais são as informações necessárias para gerir o negócio da melhor forma, e devem ter consciência de que não é uma responsabilidade das equipas de TI mas sim uma responsabilidade de todos os líderes.

Dar prioridade à segurança

Ainda existe alguma desconfiança relativamente à utilização de sistemas de tratamento da informação em tempo real, por receio de fugas de informação. Cada vez mais, estas soluções de gestão do negócio em tempo real dão importância à segurança, garantindo que nenhuma informação se perde nem é passada para o exterior. Tornar os sistemas invioláveis é sempre um desafio para as equipas de TI, devido à rápida evolução tecnológica que assistimos nos dias de hoje.

Rápida evolução tecnológica

Nos dias que correm, a tecnologia evolui a uma velocidade alucinante, o que faz com que as equipas de TI enfrentem constantemente o desafio de estarem atualizadas. Muitas vezes, devido a uma atualização de um sistema ou uma mudança num software, existem recursos que se tornam obsoletos ou que não conseguem funcionar nas novas condições. Os softwares de tratamento da informação em tempo real devem estar constantemente a par do que se passa no mundo da tecnologia, para não correrem o risco de enfrentarem bugs que podem por em causa toda a gestão de um negócio.

Veracidade e fiabilidade

Os sistemas de gestão da informação em tempo real enfrentam o desafio de apresentar dados reais e isentos de erros. Este é um desafio sempre presente, pois como os sistemas de gestão de informação em tempo real englobam informações oriundas de diversas fontes, a probabilidade de erro é maior. No entanto, cada vez mais os sistemas são infalíveis, aumentando assim a confiança de quem os utiliza no dia a dia.

Adaptabilidade

Hoje em dia, podemos aceder à Internet em qualquer lugar e a qualquer momento e os telemóveis estão preparados para realizar tarefas que há uns anos só era possível serem realizadas num computador. Por isso mesmo, a necessidade de receber atualizações sobre o negócio nos dispositivos móveis é maior. Os sistemas de gestão de informação em tempo real devem estar preparados para poderem ser utilizados em qualquer dispositivo móvel, pois isso vai aumentar o interesse sobre o produto e aumentar também a eficiência de quem utiliza estes sistemas.

A gestão eficiente da informação e a capacidade de resolver os problemas antes de terem efeitos práticos constituem um ponto crítico para as empresas. Através da utilização de sistemas de gestão da informação em tempo real é possível ter um acompanhamento mais assertivo e global de todo o negócio. Os desafios de gerir a informação irão sempre estar presentes, mas devido à evolução tecnológica, cada vez se torna mais simples acompanhar o negócio ao minuto.