5 atitudes que podem levar sua empresa ao topo

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

No mundo das empresas todo mundo fala sobre sucesso, em atingir seus objetivos e em ser bem-sucedido. O que pouca gente diz é que para uma empresa conquistar estabilidade e respeito ela deve trilhar um longo caminho. Não existe regra mágica para o sucesso, mas algumas atitudes e ações podem garantir maiores chances de vitória num mercado cada vez mais competitivo. Baseando-se nas melhores práticas empresariais, selecionamos 5 atitudes que diferenciam as empresas de sucesso das demais. Confira a seguir:

1 – Seja competente

Há uma frase muito famosa no mundo da gestão empresarial que diz: “É preciso muita coragem para fazer diferente e muita competência para fazer a diferença”.  Ser competente é bem mais do que ser original ou fazer bem feito. A competência está diretamente ligada a capacidade de uma empresa em ir além, oferecendo mais do que os seus clientes esperam. Há muitas boas empresas, mas somente os negócios verdadeiramente competentes se tornam referência. Apple, Microsoft, Google ou aquele restaurante que você sempre vai numa ocasião especial tem em comum o fato de que a competência transcende o tamanho, estilo ou capital de uma empresa. A competência dialoga com a paixão com que o seu negócio oferece seus produtos e a forma como lida com sua gestão.  Definir-se como competente atrai não apenas a fidelidade dos clientes, mas também o respeito e a admiração dos concorrentes.

2 – Saiba lidar com o fracasso

Qualquer tentativa de simplificar o sucesso é inútil. Não há sucesso sem uma boa dose de fracasso. Muito mais do que um objetivo, o sucesso é o resultado de um complexo jogo de tentativa e erro. Empresas que atingiram o êxito possuem um histórico de falhas, deslizes e problemas superados. O problema não está em falhar, mas em se acostumar com o erro. Negócios de sucesso jamais transformam o erro em regra, mas convertem os problemas de percurso em novos caminhos. Empresas vitoriosas são aquelas que encontram oportunidade em situações onde outros negócios simplesmente desistiriam. O segredo para saber lidar com o fracasso é reconhecer seus pontos fracos, fortalece-los e evitar repetir os mesmos tropeços. Toda derrota possui uma lição que pode levar sua empresa a um caminho melhor e mais bem-sucedido.

3 – Saiba lidar com o sucesso

Você certamente deve se lembrar de alguma empresa que sucesso que simplesmente decaiu depois de atingir o auge. O mundo dos negócios está cheio de exemplos assim. Pode parecer estranho, mas a maioria das empresas simplesmente não está preparada para lidar com o sucesso. Muitas empresas buscam tanto alcançar o êxito que, ao atingirem o que buscam, não sabem como administrar isso. O guru do mundo dos negócios Warren Buffet costuma dizer: “Se você acertou, pare de tentar.” Muitas empresas confundem inovação com desperdício de boas ideias e perdem muito dinheiro tentando reinventar a roda, quando já possuem um ótimo produto ou serviço em mãos. Algumas vezes é preciso apenas colher o momento e simplesmente aproveitar os frutos do sucesso, sem a necessidade de desfazer um projeto em troca de outro. Se sua empresa atingiu as metas, se seus clientes estão satisfeitos e seus funcionários são produtivos, aproveite. Aprimore suas ideias, busque inovações que dialoguem com seu o estilo de gestão e não desperdice a chance de obter certa estabilidade por conta de um ideal de constante insatisfação. Estar plenamente satisfeito não é acomodar-se, mas faz parte do jogo empresarial.

4 – Saiba realmente o que os seus clientes querem

É impossível obter sucesso sozinho, este é um fenômeno que está ligado às pessoas ao redor. O mesmo vale para as empresas. Negócios dependem de muitos fatores para obter suas conquistas, mas os clientes são o coração de qualquer tipo de empreendimento. Muitas empresas comentem o risco de buscarem sucesso criando produtos e serviços para o mercado e se esquecem que o mercado é feito por pessoas. Não existe chance de êxito para um empreendimento que não ouça seus clientes. Entenda o que eles precisam, quais são seus problemas, desejos e objetivos. A satisfação pessoal de seus consumidores está diretamente relacionada ao sucesso de sua empresa. Crie produtos e serviços que realmente melhorem a vida de pessoas. Com isso sua empresa obterá mais do que sucesso, ela será inesquecível.

5 – Esteja sempre um passo adiante

O maior veneno contra o sucesso é a falta de inovação. Empresas acostumadas a operarem sempre do mesmo modo, dentro da mesma rotina, dificilmente descobrem novos caminhos. A dica é utilizar ferramentas que modifiquem, para melhor, a forma de gestão de seu negócio, maximizando sua produtividade e elevando a qualidade de seus produtos e serviços. Uma forma de dar um passo à frente na hora de administrar sua empresa é investir em um programa de automação comercial (os chamados ERP). Com um ERP sua empresa passa a gerenciar, de modo centralizado e informatizado, setores como contas a pagar e receber, controles de estoque, cadastro de clientes, fornecedores, fluxo de caixa, folhas de ponto e muito mais. Com o ERP da GestãoClick sua empresa contará ainda com o que há de mais moderno no mundo dos sistemas de automação comercial, com um sistema 100% integrado em nuvem, o que garante maior acessibilidade e segurança na hora de armazenar os dados de sua empresa. O importante é sair da rotina e investir em modelos de gestão eficientes para manter o seu negócio relevante.

Resumindo:

A definição de sucesso depende das metas propostas por sua empresa. Com dedicação e foco é possível trilhar um caminho promissor, tornando seu negócio relevante e fidelizando seus clientes. A dica principal é criar um plano de gestão baseado nas atitudes que vimos aqui: competência, capacidade de lidar com fracassos, maturidade para lidar com o sucesso, proximidade com o cliente e inovação.

Guestpost by Gestaoclick

 

Controle de dados: da gestão até à contabilidade

Controle de dados: da gestão até à contabilidade

Posted 1 CommentPosted in Uncategorized

Dominar o controle de dados de uma empresa é um passo fundamental para o sucesso. Hoje vivemos na era do Big Data, onde grandes volumes de informações são processados a todo instante, auxiliando as empresas a tomarem decisões mais assertivas. O que muita gente desconhece é que dados são diferentes de informações. A informação só surge quando os dados são interpretados. Ter um grande volume de dados empresariais só significa melhor desempenho se sua empresa for capaz de converter esses dados em informações precisas e dinâmicas Pensando nisso vamos esclarecer as principais dúvidas sobre o controle de dados empresariais e de como a informatização está mudando o mundo dos negócios para melhor. Confira:

Afinal o que é controle de dados?

O controle de dados é um conjunto de ações que buscam otimizar a leitura de diferentes informações que afetam o desenvolvimento de uma empresa. Quando falamos em dados empresariais, podemos abordar diversos setores, mas o conceito de maior destaque é o Big Data.

Segundo o site Oracle Brasil[1], Big Data é:

“[…] uma estratégia de gerenciamento de informações holística que inclui e integra muitos tipos de dados e gerenciamento de dados juntamente com dados tradicionais.”

Isso quer dizer os grandes volumes de dados são triados e analisados de modo a representarem informações concretas sobre diversos setores, como comportamento dos clientes, tendências de mercado, possibilidades de investimentos e até mesmo apontando falhas operacionais em diversos setores de uma empresa.

O Big Data está diretamente relacionado aos chamados “3 Vs”:

Volume: como já diz o nome, tudo no Big Data é GRANDE. Estamos falando de uma enorme quantidade de dados, que podem ser internos ou externos ao ambiente empresarial. Um exemplo de dados internos sãos os inúmeros relatórios como compra, venda, lucros e muitos outros dados do dia a dia de um negócio.

Os dados externos podem ser representados pelo comportamento do cliente, demandas, mudanças de mercado e todas as ações que ocorrem fora da empresa, mas que afetam diretamente o seu andamento e lucratividade.

Velocidade: o Big Data se caracteriza pela enorme velocidade em que esses novos dados são criados. A cada segundo milhões de dados são lançados no mundo digital, o que exige das empresas rapidez na leitura dessas informações. As empresas que não acompanham essa velocidade acabam ficando para trás.

Variedade: assim como há um grande volume de dados, girando numa velocidade cada vez maior, há também uma grande variedade de dados, disponíveis em diferentes setores e canais.

Esses dados são disponibilizados de maneira não estruturada, ou seja, estão fragmentados em diversos modelos e precisam ser triados para que a informação faça sentido. Cada meio digital possui um tipo diferente de dados, exigindo um tipo distinto de leitura. Há dados, por exemplo, em redes sociais, e-mails, aplicativos de mensagens, sites ou até mesmo no seu setor contábil.

Como o controle de dados influencia em minha empresa?

Empresas são muitas coisas, mas acima de tudo são dados. Cada ação de sua empresa, por mais simples que pareça, representa um dado esperando por interpretação.

Durante muito tempo as empresas operaram de modo quase intuitivo, confiando apenas em informações básicas e nem sempre relevantes. Isso sempre gerou atrasos, gastos indevidos e problemas na captação de novos clientes e criação de novos produtos.

Para resolver esse problema foram criados os ERPs, software de automação comercial, integrados a diversos setores de uma empresa. Uma evolução desse processo foi a criação da integração contábil, que proporciona o envio dos dados contábeis das empresas diretamente aos seus contadores.

Vamos entender melhor essas duas ferramentas a seguir:

Controle de dados empresariais na prática

O controle de dados atua em diferentes setores de uma empresa, mas principalmente em 3 áreas: dados internos, externos e setores contábeis. Vamos conferir:

Dados internos – Softwares de automação comercial (ERP)

Os ERPs, sistemas de automação comercial que otimizam o processo de gestão, funcionam como uma central inteligente que analisa e gera relatórios sobre todos os setores de uma empresa.

Aqui estamos falando de dados internos, ou seja, de tudo o que acontece dentro de uma empresa. Fluxo de caixa, contas a pagar e receber, entrada e saída de estoque, cadastro de clientes e muitos outros setores são otimizados pela gestão automatizada realizada por um ERP.

Desta forma o ERP garante que a empresa reduza seus riscos de operações no mercado, realizando o controle de dados com relatórios otimizados e dinâmicos.

Uma empresa pode controlar melhor seus gastos, calcular melhor suas margens de lucro, seu fluxo de vendas ou ainda controlar a folha de ponto de seus funcionários. Tudo isso dentro do ambiente digital do ERP.

O ERP proporciona ainda uma melhor gestão dos clientes e fornecedores. Através de relatórios detalhados é possível cadastrar e acompanhar a movimentação em cada um desses setores, apontando eventuais falhas e promovendo correções.

O ERP acaba com o controle manual, gerando uma maior eficiência dos processos de controle de dados. Os modelos de ERP mais modernos contam com a tecnologia em nuvem, onde os dados empresariais são armazenados com segurança no servidor do sistema. A principal vantagem deste modelo é que os dados podem ser analisados em tempo real, sem a necessidade de instalação de softwares e sem o risco de problemas de segurança.

Dados externos

A análise de dados externos representa a leitura e interpretação de dados fora da empresa.

Este é o campo mais complexo do Big Data, pois lida com o comportamento de diversos consumidores e as tendências do mercado. Para se obter esses dados de maneira relevante podem ser usados programas e aplicativos que avaliam a opinião dos clientes no ambiente virtual. As redes sociais também podem ser usadas como fonte de dados, realizando prospecções de mercado, enquetes e formulários de pesquisa.

Um bom sistema de CRM (Customer relationship management, ou Gerenciador de relacionamentos com o cliente) pode ser encontrado em diversos sistemas ERP, facilitando a integração dos mesmos.

Setores contábeis – Integração contábil

Durante muito tempo as empresas enviavam manualmente seus relatórios e dados para seus contadores. Esse processo está saindo de cena. A integração contábil é uma forma prática de automatizar o envio de dados de um empreendimento para seus contadores. Este é um passo fundamental para evitar erros, otimizar o tempo e garantir que a rotina contábil da empresa esteja sempre em dia.

Neste modelo de operação o ERP da empresa está conectado ao sistema do contador. A empresa deixa de gerar, imprimir e enviar os relatórios mensais (como fechamento de caixa, folhas de ponto, controle de contas) de modo manual e passa a contar com o envio de dados automático.

Isso possibilita ao contador maior eficiência em seu trabalho e poupa a empresa de ter que administrar manualmente um grande volume de informações. A integração contábil acaba ainda com o envio de informações através de diferentes canais, como telefone, e-mail ou fax.

Neste modelo o contador obtém um painel de controle detalhado, onde cada informação da empresa está disposta de maneira intuitiva e simples. Assim é possível alertar o empresário de eventuais vencimentos ou sobre o envio de documentos importantes, evitando atrasos e pendencias.

Qual sistema devo adotar para realizar um bom controle de dados em minha empresa?

Se você deseja aprimorar o controle de dados de sua empresa o GestãoClick é um dos mais eficientes sistemas do mercado. Ele atua como um poderoso ERP e ainda possui integração contábil, desta forma a análise de dados internos e contábeis de sua empresa operam dentro de um único ambiente.

O controle de dados é realizado de modo eficiente e totalmente em nuvem, garantindo o acompanhamento em tempo real e com total segurança. A principal vantagem do modelo da GestãoClick é poder contar com diversos benefícios em um só sistema. Isso representa economia, maior agilidade e integração.

 

[1] Link da citação: https://www.oracle.com/br/big-data/

 

Artigo by GestãoClick

Os 5 maiores benefícios do uso da análise de dados para as suas vendas

Os 5 maiores benefícios do uso da análise de dados para as suas vendas

Posted Leave a commentPosted in Uncategorized

Mais do que ter um produto de qualidade e uma equipe competente de vendas, é essencial reunir informações sobre o seu negócio e o mercado e analisá-los. Essa medida oferece uma série de vantagens e para descobrir quais são os 5 maiores benefícios do uso da análise de dados para suas vendas, você vai conferir neste artigo os tópicos a seguir:

  • Conhecimento do mercado;
  • Marketing mais eficiente;
  • Maior conversão de vendas;
  • Tomada de decisões;
  • Mobilidade da análise de dados.

Conhecimento do mercado

Existem muitos benefícios do uso da análise de dados para suas vendas, sendo que um dos principais é ajudar no conhecimento do mercado. Afinal, se você não entender o segmento no qual atua são grandes as chances de cometer erros. Por outro lado, ao ter consciência do seu funcionamento é possível sempre estar à frente da concorrência.

Desse modo, consegue oferecer ao seu público-alvo soluções em produtos e serviços que atendem as suas necessidades, já que essa é uma das estratégias mais assertivas para atrair consumidores em potencial para a sua empresa. Com o conhecimento do mercado pode ainda, portanto, ditar tendências e acompanhar as inovações e beneficiar-se delas.

Marketing mais eficiente

Assim como a análise de dados permite entender o seu ramo de atuação para poder acompanhá-lo e manter-se sempre em destaque em meio à concorrência, o estudo das informações também possibilita que o seu negócio invista em ações de marketing mais eficientes. Essa é mais uma forma de conquistar o seu público alvo e vender mais.

Com a análise de dados, consegue ainda reduzir os investimentos com marketing, uma vez que é possível focar nas ações que oferecem os melhores resultados, sem gastar com aquilo que não dá o retorno esperado. Em tempos de grande variedade de ações de marketing que podem ser feitas, nada melhor do que identificar as mais vantajosas para o seu negócio.

Maior conversão de vendas

Quando se conhece o mercado e são realizadas as campanhas de marketing mais eficientes, uma consequência natural é a maior conversão de vendas. Afinal, vender mais é o objetivo de todas as empresas, já que isso significa mais lucro e possibilidade de ampliar o seu negócio e torná-lo mais moderno.

Analisar os dados também ajuda a equipe a identificar quem são os consumidores do seu produto e assim ajustar campanhas publicitárias e mesmo o produto ou serviço em si para atendê-los de modo mais adequado. Além disso, permite entender o comportamento de compra dos consumidores e, assim, apresentar a sua mercadoria no momento certo.

Tomada de decisões

Embora a análise de dados para seu controle de vendas seja essencial, essa tarefa pode custar muito tempo da sua equipe quando é feita sem o uso das ferramentas adequadas. Hoje em dia, mesmo pequenas empresas trabalham com um grande fluxo de informação e analisar todos os dados do seu negócio pode ser bastante dispendioso.

Com isso, a sua equipe vai levar muito mais tempo para obter as respostas que procura e quando isso acontecer já pode ser tarde demais. Para tanto, existem ferramentas que ajudam na análise de dados, mostrando as informações relevantes em tempo real e de modo claro, por meio de gráficos e outros recursos.

Além de agilidade esses recursos promovem o compartilhamento dos dados com todos os envolvidos, tornando o trabalho mais organizado. Tudo isso é de extrema importância para a tomada de decisões, pois sem informações atualizadas e completas corre-se o risco de não fazer as melhores escolhas para o seu negócio.

Mobilidade da análise de dados

As ferramentas adequadas para analisar os dados devem oferecer ainda acesso remoto. Essa vantagem é útil em diferentes momentos, já que você e a sua equipe não estão sempre na empresa. Além disso, a tomada de decisões muitas vezes se dá durante as vendas externas e em reuniões fora da empresa.

Mas com um sistema que ofereça mobilidade da análise de dados, podendo ser feitaem qualquer lugar e a qualquer momento, é possível tomar as decisões certas sempre que preciso. Para desempenhar essa tarefa e demais atividades de gestão empresarial o ERP para pequenas e médias empresas GestãoClick é um recurso completo.

Esse sistema informatiza todos os dados do seu negócio, conecta os setores e automatiza os processos. Assim, além de dinamismo, é possível contar com a mais completa segurança dos dados da sua empresa. Para margem, esses softwares permitem que você gerencie desde o cadastro de clientes até completo do programa de controle financeiro da sua empresa.

Artigo by: GestãoClick