Como é que os dados em tempo real afetam a gestão do negócio?

Como é que os dados em tempo real afetam a gestão do negócio?

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Todos estamos mais exigentes e apressados e isso reflete-se nos negócios. Se há uns anos analisar relatórios com diversos dias era suficiente para tomar boas decisões, hoje em dia é quase imperativo que as empresas recorram a ferramentas de análise em tempo real como o Multipeers para decidirem de forma consciente e informada. A análise dos dados em tempo real tem vindo a ganhar um grande papel de destaque no mundo dos negócios contemporâneos. No artigo de hoje, vamos perceber como é que os dados em tempo real afetam a gestão do negócio!

Identificação imediata de oportunidades e consequente aumento dos lucros

As ferramentas de gestão de dados em tempo real permitem identificar oportunidades no exato momento em que elas aparecem, o que lhe permite estar sempre um passo à frente da concorrência. Uma modificação na procura de um produto, por exemplo, poderá levá-lo a lançar uma campanha específica completamente direcionada, o que vai aumentar as vendas e melhorar os resultados globais.

Gestão mais eficiente dos recursos humanos

A análise em tempo real através do uso de ferramentas como o Multipeers ajuda a garantir que o desempenho dos colaboradores é medido com mais precisão, determinando em quais períodos do dia a empresa tem melhores índices de produtividade. É possível também identificar quais colaboradores têm um melhor desempenho. Deste modo, a empresa consegue tirar o máximo partido do desempenho de cada colaborador, o que terá um impacto muito positivo nos resultados gerais.

Deteção instantânea de problemas

Uma falha no processo de produção pode significar problemas sérios com clientes, fornecedores e parceiros se não for detetado e corrigido a tempo, destruindo linhas produtivas completas e prejudicando a relação com stakeholders. Acompanhar o processo produtivo em tempo real permite identificar eventuais falhas e a sua respetiva correção em tempo útil. Deste modo, quaisquer desvios serão corrigidos o mais rapidamente possível.

Probabilidade de errar reduz-se drasticamente

O uso de sistemas de ferramentas de gestão em tempo real reduz as falhas de comunicação e acelera a consolidação dos dados, reduzindo assim a probabilidade de cometer erros prejudiciais para o negócio. Toda a informação da empresa vai estar condensada apenas num local, o que torna os processos de análise mais ágeis e eficazes, tornando todos os processos mais fluídos e eficientes. Deste modo, o gestor tem muito menos probabilidade de cometer erros.

Decisões mais conscientes e acertadas

Quando o gestor utiliza ferramentas de análise de dados em tempo real sabe exatamente o que se passa no negócio e, assim sendo, é muito mais fácil tomar a decisão certa. Analisar o negócio em tempo real permite ter todos os inputs necessários para que se possa decidir conscientemente sobre o melhor rumo a tomar, pois a informação que vai analisar está atualizada e é fidedigna.

5 Motivos para investir num ERP

5 Motivos para investir num ERP

Posted 3 CommentsPosted in Dicas de Gestão

ERP significa Entreprise Resource Planning, ou seja, Planeamento dos Recursos Corporativos. Surgiu no final dos anos 50, época em que se começou a aliar a gestão à tecnologia. Inicialmente, o seu objetivo era otimizar o tempo que se gastava em tarefas manuais, mas hoje este recurso é capaz de integrar todas as informações e processos de uma organização num só local. A missão desta ferramenta é agrupar todos os departamentos da empresa, proporcionando uma melhor comunicação, através de um fluxo de informação contínuo. Este fator revela-se de grande utilidade pois os processos de uma empresa dependem uns dos outros e uma falha de comunicação ou perda de transmissão dos dados pode significar grandes perdas de produtividade e de lucro. No artigo de hoje, apresentamos 5 motivos para investir num ERP!

Controlo geral do negócio

Este é o principal motivo pelo qual deve investir num ERP. A centralização da informação é cada vez mais importante, pois permite um maior controlo sobre os dados e uma tomada de decisão mais eficiente. Os processos tornam-se mais simples e conseguem reduzir-se os custos com formação de utilizadores e infraestruturas. Saber o que se passa no seu negócio é fundamental para tomar as decisões certas e, no dia-a-dia agitado de um gestor, a informação agrupada torna-se uma mais-valia.

Gestão mais eficiente dos Clientes

A informação no ERP sobre os clientes e potenciais clientes da empresa pode ser uma grande vantagem competitiva para as empresas que pretendem adaptar-se a mudanças mais rapidamente. Os sistemas de monitorização permitem obter dados imediatos sobre as ações dos clientes e interações com a empresa, bem como informação sobre o seu histórico de compras. Isto permite que a comunicação com o cliente se torne mais personalizada e objetiva.

Torna os processos empresariais mais ágeis

Como os programas de gestão apresentam a informação de forma condensada e já pronta para análise, a necessidade de fazer relatórios extensos vai desaparecer. Desse modo, os colaboradores que antes tinham essa responsabilidade vão ficar com mais tempo disponível para outras tarefas, o que certamente contribuirá para um aumento de produtividade. A análise em tempo real em conjunto com o ERP elimina as tarefas mais burocráticas, o que torna a empresa mais ágil.

Diminuição da probabilidade de errar

O uso de um ERP reduz as falhas de comunicação e acelera a consolidação dos dados. Toda a informação da empresa vai estar apenas num local, o que torna os processos de análise mais ágeis e eficazes. Assim, a probabilidade de haver falhas de comunicação torna-se bastante reduzida, o que contribui para uma tomada de decisão mais assertiva.

Grande mobilidade

Atualmente, quase todos os ERP apresentam a possibilidade de serem utilizados em dispositivos móveis. Assim sendo, é possível estar numa reunião ou numa viagem e ter informação real e atualizada sobre o estado do negócio. Esta é uma vantagem muito importante, pois cada vez mais o seu negócio é no local em que se encontra, pelo que é fundamental que tenha sempre acesso à informação mais atual sobre a sua empresa!

 

Analisar os dados em tempo real é cada vez mais uma realidade nas empresas em todo o Mundo. Os negócios acontecem a um ritmo muito acelerado e é essencial que saiba o que está a acontecer na sua empresa para conseguir tomar as decisões mais adequadas para o seu negócio. Faça download do nosso e-book e saiba como uma ferramenta BAM o pode ajudar a gerir!

 

 

Como é que a sua empresa pode usar o big data para ser mais competitiva?

Como é que a sua empresa pode usar o big data para ser mais competitiva?

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Dados, dados e mais dados: é assim a vida de um gestor atualmente. A cada dia que passa, produzimos mais informação e torna-se cada vez mais difícil lidar com tantos dados. Se as empresas não conseguirem extrair informação fidedigna dos dados que geram diariamente, eles perdem o seu propósito. Só com informação correta e atualizada é que as empresas serão capazes de tomar as decisões mais acertadas para o futuro do negócio. Neste artigo, vamos perceber como é que a sua empresa pode usar o big data para ser mais competitiva!

Analisar o negócio em tempo real para a obtenção de insights em tempo útil

informação cresce a um ritmo muito acelerado, o que torna cada vez mais difícil a sua análise. A solução indicada é analisar os dados em tempo real para tirar o máximo partido da informação. Produtos como o Multipeers permitem analisar a cada segundo o que se está a passar com o negócio. Desta forma, é possível tirar o máximo partido dos dados para tomar as melhores decisões para o negócio. Aliar a grande quantidade de dados gerada nas empresas a uma análise em tempo real permite obter insights essenciais para o sucesso dos negócios.

Melhor recolha dos dados

Os dados surgem dos mais diversos canais e através do Big Data é possível centraliza-los e agrupá-los por afinidades. É possível estar mais perto do cliente através da recolha de dados por meio de questionários, aplicações, cartões de fidelidade, entre outros instrumentos. Os dados recolhidos são essenciais para que se possa fazer um planeamento assertivo das ações de marketing e comunicação.

Utilize o grande volume de dados na gestão de RH

Muitas empresas enfrentam o desafio de verem as suas equipas mudar várias vezes num curto período de tempo. Sem perceberem porquê, não são capazes de reter os melhores talentos, o que faz com que exista pouca estabilidade. Através da análise dos dados, é possível conhecer melhor cada colaborador e contribuir para que ele se sinta bem no local de trabalho, evitando assim a sua saída. É importante conhecer as motivações, desejos a longo prazo e opiniões dos colaboradores, pois só assim os cargos de gestão conseguirão criar um ambiente agradável e onde cada colaborador se sinta bem. O Big Data na gestão de recursos humanos é um fator essencial para encontrar as pessoas certas para as funções certas. Por exemplo, através do Big Data é possível descobrir se as pessoas que têm uma experiência de trabalho interessante são ou não mais propensas a ficar na empresa por longos períodos de tempo ou se a duração das experiências anteriores tem impacto no desempenho da atual função. Com base nestes resultados, a empresa pode concentrar-se em fatores mais relevantes no momento de recrutar.

 

Tipos de análise de Big Data que irão beneficiar o seu negócio

Análise descritiva

Este tipo de Data Analytics responde à questão “o que está a acontecer agora?”. Através da resposta, as empresas podem analisar os dados sobre perdas de clientes, valores de vendas de um determinado produto e resultado de campanhas lançadas. A análise descritiva permite que se tomem decisões imediatas com um elevado nível de segurança, visto que a análise é feita com base em dados concretos e atuais. A informação proveniente deste tipo de análise é por norma exibida em gráficos e tabelas, o que permite que o gestor tenha uma visão global dos processos monitorizados.

Análise preditiva

A análise preditiva é uma forma avançada de Data Analytics que tem como objetivo responder à questão “o que vai acontecer?”. É um tipo de análise que faz previsões através de probabilidades. Esta análise é possível graças a técnicas como análise de regressão e progressão, correspondência de padrões e diversos tipos de estatística. Este tipo de Data Analytics é muito utilizado em empresas do mercado de ações e investimentos.

Análise diagnóstica

A análise diagnóstica vai explicar-nos porque é que determinada coisa aconteceu. Este tipo de análise vai relacionar todos dados e informações disponíveis, de modo a encontrar padrões de comportamento que possam explicar os resultados. É uma análise importante para encontrar problemas e sobretudo para evitar repeti-los no futuro.

Análise prescritiva

A análise prescritiva é a análise da adivinhação. Responde à pergunta “o que poderá acontecer se tomarmos esta medida?”. Este tipo de análise é muito importante sobretudo na área de vendas. Por exemplo, se pensarmos em dar 15% de desconto no próximo mês no produto menos vendido da empresa, a probabilidade de aumentarmos as vendas é de 40%. A análise prescritiva levanta hipóteses sobre possíveis resultados das ações tomadas pela empresa. É uma análise essencial para os gestores, pois ajuda-os a avaliar da melhor forma a escolha de determinada estratégia para resolver algum problema.