A importância de gestão de indicadores para sua empresa

A importância de gestão de indicadores para sua empresa

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Conheça a importância da gestão de indicadores para a sua empresa

Mesmo os melhores produtos e serviços não sustentam sozinhos uma empresa. Ou seja, você pode comercializar algo que seja bastante atrativo para o seu público alvo, mas é preciso de muito mais para manter um negócio prosperando. Por isso, os conhecimentos administrativos são fundamentais, já que contam com ferramentas úteis e eficientes. Entre elas, a gestão de indicadores é de extrema importância para saber se a sua empresa está indo pelo caminho certo e, se não estiver, o que pode ser feito para que o negócio volte aos eixos. A questão é que, embora oferecer produtos e serviços de qualidade seja imperativo para o sucesso do seu negócio, não basta.

Outras empresas também podem ter a mesma qualidade no que oferecem, lembrando que a concorrência acirrada é uma realidade da grande maioria dos setores da economia. Dessa forma, é necessário ainda conhecer o mercado, o público alvo, saber onde vender, como vender e, acima de tudo, quais são os objetivos da sua empresa.

Não adianta ter a missão escrita em uma placa pendurada na parede do escritório ou no site da empresa, é essencial que todos os colaboradores estejam a par do objetivo e saibam como atingir as metas propostas. É nesse contexto que os indicadores entram, sendo que se referem aos números que podem ser usados para medir a atuação do seu negócio no mercado.

Com esses indicadores em mãos, é possível gerenciá-los, ou seja, tomar decisões a partir do que eles indicam. A partir disso, uma decisão nunca é um tiro no escuro, porque se dá por meio de dados concretos, sem achismos ou intuições. É muito importante uma correta gestão de indicadores.

Quais são os indicadores em uma empresa

Os indicadores em uma empresa são dados que podem ser levantados, ajudando na sua administração, uma vez que mostra como estão acontecendo as suas operações. Existem muitos tipos de indicadores e, para cada empresa, pode ser interessante mensurar mais especificamente alguns deles.

Para entender melhor,confira quais são alguns dos principais indicadores em uma empresa:

  • Indicadores de produtividade
  • Indicadores de capacidade produtiva
  • Indicadores de desempenho de processos
  • Indicadores de qualidade
  • Indicadores de efetividade
  • Indicadores de lucratividade
  • Indicadores estratégicos
  • Indicadores de competitividade

Todos esses indicadores se referem aos dados de uma empresa que podem ser obtidos por meio de levantamentos, relatórios e outras formas, permitindo que seja avaliado de modo mais profundo e detalhado o seu desempenho no ramo de atuação em que está inserido.

Muitas vezes, uma empresa começa vendendo um número de unidades por mês que parece suficiente, mas com o passar do tempo perceber-se que não é, e a empresa começa a perder mercado, por exemplo.

De modo semelhante, o empresário acredita que o tempo que um produto leva para ser fabricado está adequado, mas não, quando são feitas as contas e calculado o tempo gasto em relação ao seu custo. Esses são apenas alguns exemplos de questões que, não raro, são avaliadas erroneamente, porque não se faz uso dos indicadores.

Como medir os indicadores

Em uma empresa, mesmo de pequeno porte, é bem provável que o fluxo de informações diárias seja bastante volumoso. Por isso, você pode se perguntar, mas afinal, como medir os indicadores? Ou seja, como reuniu uma série de informações? Quer dizer, possível é, mas levaria muito tempo, não é mesmo? A gestão de indicadores é fundamental.

Não, se isso for feito com a ajuda de um sistema de gestão online que, além de tornar mais dinâmico o trabalhado da equipe, ao permitir que as tarefas sejam simplificadas e melhores controladas, também conta com ferramentas para mensurar os números importantes da empresa. Ao medir os indicadores, através de relatórios e outros recursos, é possível tomar decisões mais assertivas.

Além disso, existem softwares que possuem funções avançadas para medir os indicadores necessários, ajudando a administração da empresa a criar um planejamento estratégico para atingir com mais eficiência assuas metas. Vale dizer que para criar um plano de negócios de sucesso é indispensável dominar todos os dados de uma empresa.

Assim, é preciso saber quanto à empresa fatura, quanto é gasto com a produção, quais são os demais custos, como valor da matéria-prima, mãos de obras, etc. Com o total controle dessas e de muitas outras informações, pode-se não só tomar as melhores decisões como acompanhar o seu desenrolar e sempre estar pronto para os ajustes necessários.

Sobre o autor convidado:

A GestãoClick é uma empresa especialista na oferta de software de gestão empresarial para administradores que desejam tornar mais eficiente a rotina dos seus colaboradores.

Geração C

Geração C: tudo o que precisa de saber sobre os novos consumidores

Posted Leave a commentPosted in Internet e Marketing

Conheça a geração C e saiba como captar a sua atenção

A Geração C tem o poder do consumo nos dias de hoje. O C está relacionado com a palavra conectados pois é assim que a maior parte de nós vive: conectados à rede. Os novos consumidores vivem online e as empresas que querem sobreviver no mercado competitivo de hoje em dia, devem manter uma presença online forte. Neste artigo mostramos-lhe tudo o que deve saber sobre este novo tipo de consumidores para os conseguir conquistar e fidelizar!

Consumidores controladores

Os novos consumidores, devido à multiplicidade de meios disponíveis, gostam de controlar todos os processos. Com uma simples pesquisa no Google conseguem aceder a milhares de resultados e gostam de sentir que têm o poder de escolher que produto ou serviço vão comprar. São bastante seletivos e exigentes e gostam de comparar preços e leem reviews escritas pelos outros consumidores. Pode-se dizer que são bastante influenciáveis pelo que veem no mundo online.

Amor pelas redes sociais

Estes novos consumidores gostam de pertencer a uma comunidade e partilham o seu dia-a-dia nas redes sociais. Muitas vezes partilham opiniões sobre um determinado produto ou serviço e esse produto ou serviço ganha um grande alcance junto da rede da pessoa que partilhou. Os novos consumidores gostam também de fazer parte de comunidades online pois assim sentem que pertencem a algo.

Gostam de conteúdos originais

A Geração C tem um acesso fácil ao conteúdo e gostam de acompanhar páginas na Internet que criem conteúdo relevante e original. São consumidores criativos devido aos estímulos a que estão sujeitos todos os dias e quando encontram um conteúdo interessante gostam de o partilhar com a sua rede. As empresas que querem captar a atenção destes consumidores devem investir em materiais promocionais criativos, originais e diferenciadores.

Colocam televisão e rádio de lado

Os novos consumidores são muito mais adeptos de computadores e telemóveis do que televisão e rádio. Será inútil tentar captar a atenção deles através destes dois últimos meios. Mesmo quando estão a ver televisão ou a ouvir rádio, na maior parte das vezes continuam “presos” a um telemóvel ou a um tablet, estando a sua atenção completamente dispersa.

Seguem as modas

Todas as gerações seguiam modas mas a Geração C está num nível completamente superior. Basta um produto (por exemplo um filme ou livro) estar na moda para que todos os consumidores desta nova geração o queiram adquirir também. Assiste-se assim a um consumo em massa impulsionado pelas redes sociais e comentários online.

A nova geração de consumidores torna o mercado ainda mais acelerado e as mudanças acontecem a um ritmo impressionante. Assim, estar a par de todas as alterações é fundamental para conseguir sobreviver e marcar a diferença no mercado. Um software que permite acompanhar toda a informação da empresa em tempo real ajuda os gestores a tomarem as decisões mais acertadas para o negócio.

A necessidade da informação em tempo real nos dias de hoje

A necessidade da informação em tempo real nos dias de hoje

Posted Leave a commentPosted in Tecnologia e Gestão

Conheça a necessidade da informação em tempo real atualmente

A evolução da tecnologia faz com que as mudanças aconteçam a uma velocidade cada vez maior e no mundo acelerado dos negócios atual, cada segundo conta. A necessidade da informação em tempo real garante rapidez e eficiência nas tomadas de decisões, acabando por criar vantagens competitivas que resultarão num aumento de valor para a empresa.

Os mercados são cada vez mais competitivos e os consumidores, uma vez que são mais informados que anteriormente, estão cada vez mais exigentes e procuram soluções de forma prática e rápida. Atualmente, toda a gente “vive a correr” pelo que agir tardiamente no setor dos negócios pode implicar uma perda de lucro. Vamos imaginar os seguintes cenários:

Cenário 1

O António tem uma cadeia de lojas de decoração que por norma vende bastante bem, independentemente da época do ano. No entanto, na semana 30 do ano Y, as vendas tiveram uma queda abrupta. O António utiliza um sistema de gestão tradicional e analisa os dados sempre ao final da semana e ficou muito surpreendido por os valores estarem tão baixos. Procurou saber porque é que as vendas baixaram tanto de repente e descobriu que o seu concorrente mais direto tinha feito uma campanha de 20% de desconto nessa semana. Para combater isto, o António decidiu lançar uma campanha para a semana seguinte que oferecia 30% de desconto. No entanto, como as pessoas já tinham visto resolvida a sua necessidade, acabaram por não comprar nas lojas do António, tendo sido a campanha infrutífera.

Cenário 2

O João tem uma cadeira de lojas de decoração que por norma vende bastante bem, independentemente da época do ano. No entanto, na semana 30 do ano Y, as vendas tiveram uma queda abrupta. O João utiliza um sistema de monitorização do negócio (BAM) pelo que constatou que algo se passava logo no primeiro dia da semana. Procurou saber porque é que as vendas naquele dia estavam mais baixas que o habitual e descobriu que o seu concorrente mais direto tinha a decorrer uma campanha de 20% de desconto. Reuniu com as equipas de vendas e de marketing e rapidamente definiram que iriam lançar uma campanha que oferecia 30% de desconto. Após promoverem a campanha, as vendas aumentaram e não houve queda no lucro mensal da empresa.

De acordo com os cenários apresentados acima, pode afirmar-se que ter um sistema BAM é benéfico para o negócio pois permite detetar problemas de modo imediato e agir instantaneamente. Estes sistemas são fundamentais para garantir um acompanhamento efetivo dos eventos do negócio. O acesso a informações em tempo real permite “tirar uma fotografia” do ponto exato em que o negócio está, o que influencia em grande escala a tomada de decisões para que os processos fluam e não comprometam a produtividade da empresa. E ficou bem demonstrado a importância da necessidade da informação em tempo real nos dias atuais.

Os dados disponibilizados em tempo real pressupõem a possibilidade de efetuar análises imediatas, o que traz consigo benefícios evidentes: dinamismo e rapidez para a gestão das operações e maior eficiência para o processo de decisões.

Ter inteligência nos negócios é saber reagir a mudanças, conseguir gerir processos com confiança, tendo como base informações precisas. Para conseguir tirar o maior benefício da análise em tempo real, basta definir os indicadores mais relevantes para o negócio e, consequentemente, otimizar aspetos operacionais. Gerir um negócio de forma proactiva com resultados muito positivos é cada vez mais possível, dada a oferta de ferramentas que existe no mercado. A necessidade da informação em tempo real é já uma realidade!