Gestão de TI: 4 indicadores imprescindíveis na sua empresa

Gestão de TI: 4 indicadores imprescindíveis na sua empresa

Posted on Leave a commentPosted in Definição de métricas de negócio

Ter KPI’s definidos é essencial para o bom desempenho de uma empresa. Os KPI’s são os indicadores-chave de desempenho que nos indicam em que estado o negócio se encontra e quão longe (ou perto) estamos de cumprir os objetivos estabelecidos. Com base nos indicadores e no desempenho da empresa, os gestores podem tomar decisões mais assertivas e mais informadas. A área de TI é uma das mais importantes em qualquer negócio, pois suporta toda a atividade da empresa. No artigo de hoje, abordamos 4 indicadores de TI imprescindíveis na sua empresa!

Desempenho das aplicações

Esta é uma das métricas de TI mais importantes, sendo para o efeito necessário fazer uso de ferramentas de monitorização constante que avaliam o desempenho das aplicações na ótica do utilizador final. Cada vez mais as empresas confiam a gestão dos seus ativos informáticos a empresas especializadas que garantem segurança, alto desempenho e disponibilidade permanente.

Tempo médio offline

Este KPI é usado para analisar o tempo médio que um dispositivo de TI ou infra-estrutura não esteve disponível É uma métrica conhecida por MDT (mean down time). Essa métrica indica-nos todo o tempo que o serviço não esteve disponível, seja por causa de problemas leves, avarias, entre outros. Este valor é obtido através da soma do tempo que o sistema não estava disponível para dividir pelo número de ocorrências nesse período.

Tempo médio de atendimento

Outra métrica muito importante é o tempo médio que os profissionais demoram a responder aos pedidos colocados no service desk. Quanto mais rápido for o atendimento e a resolução da situação, melhor será o desempenho de TI.

Índice de uptime

Esta é uma das métricas de TI mais importantes. Indica-nos o tempo em que as aplicações informáticas estiveram disponíveis para os utilizadores pelo que quanto maior for, melhor é o desempenho da estrutura de TI. É essencial que as infraestruturas tecnológicas da empresa estejam sempre disponíveis para que as taxas de produtividade se mantenham constantes.

 

As ferramentas BAM como o Multipeers permitem acompanhar os KPI’s de forma contínua e em tempo real. Analisar o desempenho de forma constante garante que se dedique uma maior atenção ao cumprimento dos objetivos, aumentando efetivamente o grau de atingimento dos mesmos. O acompanhamento contínuo do desempenho assume um papel de grande relevância no planeamento e posterior controlo, pois fornece informações sobre processos desenvolvidos pela organização. A eficácia de qualquer estratégia de controlo depende em grande medida da correta adequação das métricas de desempenho desenvolvidas e dos KPI’s.

Qual o impacto da análise em tempo real para os negócios?

Qual o impacto da análise em tempo real para os negócios?

Posted on Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Os negócios acontecem a um ritmo muito rápido atualmente, o que obriga a que os gestores necessitem de acompanhar em tempo real tudo aquilo que se passa nas empresas, sob pena de perderem informações relevantes que fazem falta para uma tomada de decisão consciente. Hoje em dia, já não é aconselhável analisar apenas relatórios com alguns dias de atraso: o mercado exige que esteja sempre a par do que acontece no seu negócio. No artigo de hoje, vamos perceber qual é o impacto da análise de dados em tempo real para os negócios.

Tomada de decisão mais eficiente

Quando sabe exatamente o que se passa no seu negócio, é muito mais fácil tomar a decisão certa. Analisar o negócio em tempo real vai dar-lhe todos os inputs necessários para que possa decidir conscientemente sobre o melhor rumo a tomar. Os relatórios com alguns dias apresentam informação desatualizada, que não corresponde ao estado real da empresa naquele momento. Por isso, muitas vezes as decisões tomadas são desajustadas e não beneficiam o negócio. Monitorizar o negócio em tempo real vai mudar este cenário, pois vai ter informação fidedigna na sua mão e vai conseguir tomar decisões mais acertadas.

Possibilidade de corrigir desvios nos processos operacionais 

Uma falha no processo de produção pode significar problemas sérios com clientes, fornecedores e parceiros se não for detetado e corrigido em tempo útil. Acompanhar o processo produtivo em tempo real permite identificar eventuais falhas e a sua respetiva correção, sem deixar que o processo com um problema se arraste até à sua fase final. Assim, mesmo que existam problemas na fase de produção, será mais fácil evitar que estes problemas tenham impacto no resultado final.

Utilização de múltiplas fontes de dados e conteúdos

Com a utilização de um sistema de análise de dados em tempo real é possível agregar num só sistema toda a informação relativa à empresa. Deste modo, o acesso à informação torna-se bastante mais fácil e reduz-se o tempo que anteriormente se gastava a juntar informação oriundas de diversas fontes. Já não vai existir a necessidade de abrir múltiplos programs para perceber o que se passou num determinado momento.

Possibilidade de definir alertas de negócio

Os softwares de monitorização do negócio como o Multipeers permitem que se definam alertas de negócio sempre que acontecer um desvio ao que é considerado normal dentro da sua empresa. Onde quer que esteja, será notificado por SMS ou e-mail sobre eventuais alterações e poderá agir de imediato, antes mesmo de haver prejuízos para a organização. Esta revela-se uma enorme vantagem competitiva pois possibilita uma ação imediata, antes mesmo de existirem consequências para os processos da empresa.

Gestão de pessoas mais eficiente

A informação em tempo real sobre os recursos humanos pode ser uma grande vantagem competitiva para as empresas que pretendem adaptar-se a mudanças mais rapidamente. Os sistemas de monitorização permitem obter dados imediatos sobre a distribuição dos colaboradores nos diferentes setores da empresa, bem como informação atualizada sobre a sua disponibilidade. Assim, torna-se mais fácil gerir equipas e otimizar o trabalho dos colaboradores, aumentando o rendimento coletivo.

KPI's de vendas que todos os negócios precisam

KPI’s de vendas que todos os negócios precisam

Posted on Leave a commentPosted in Definição de métricas de negócio

Ter KPI’s definidos é essencial para o bom desempenho de uma empresa. Os KPI’s são os indicadores-chave de desempenho que nos indicam em que estado o negócio se encontra e quão longe (ou perto) estamos de cumprir os objetivos estabelecidos. Com base nos indicadores e no desempenho da empresa, os gestores podem tomar decisões mais assertivas e mais informadas. A área de vendas é uma das mais importantes em qualquer negócio, pois é através das vendas que as empresas conseguem gerar riqueza para manter o negócio em funcionamento. Cada negócio tem as suas especificidades, mas existem KPI’s transversais a todas as áreas. No artigo de hoje, vamos abordar os KPI’s de vendas que todos os negócios precisam!

Velocidade da venda

Medir a velocidade com que uma venda é efetuada é uma estratégia importante para avaliar o desempenho da empresa na atração do cliente e na resposta às suas expetativas. Quanto menor for o ciclo de venda, maior será a eficácia. Assim, é essencial investir em ações que despertem o interesse do cliente e em estratégias que acelerem a compra.

Valor médio da venda

Este indicador é o resultado da divisão da receita gerada por um vendedor pelo número de vendas realizadas pelo mesmo num determinado período. Este indicador é importante porque permite estabelecer um perfil para os membros de uma equipa e permite adaptar as pessoas de acordo com as suas características.

Taxa de Churn

A taxa de Churn indica a percentagem de abandono do produto ou serviço, ou seja, significa o número de clientes que desistiram de continuar com a sua empresa. Quanto maior for a taxa de churn (“churn rate”), menores serão as chances da empresa crescer, já que os novos clientes servirão apenas para substituir os clientes antigos e não para gerar nova riqueza.

Número de negócios fechados

É importante conhecer a quantidade de negócios fechados num determinado período para a criação de objetivos realistas. Um bom exemplo da aplicabilidade deste indicador é comparar 2 vendedores e verificar o número de negócios fechados e o ticket médio. Há vendedores que preferem trabalhar melhor o lead, gastando mais tempo com ele, e isso pode gerar um retorno maior por parte desse cliente. Este é um dos KPI’s de vendas mais importantes.

Índice de recomendação de clientes

Indicador que nos mostra a percentagem de clientes atuais que chegou até à empresa devido a recomendação de um outro cliente mais antigo. Para medi-lo, basta perguntar ao novo cliente como ele conheceu a empresa no momento da venda. A melhor publicidade de uma empresa será sempre a que é feita “boca a boca”, por isso, se esta taxa for muito baixa é preciso investir nesta área para aumentar a satisfação dos clientes atuais.

Taxa de follow up

Poucas vendas são feitas no primeiro contato com o possível cliente. É preciso manter contacto com ele algumas vezes. Este indicador visa responder à questão: quantos contactos são necessários para concretizar uma venda? Neste indicador também é importante saber quantos clientes fecham negócio nos primeiros três contatos. As respostas a estas questões vão ajudar a definir uma nova estratégia de follow up, caso haja necessidade disso.

Definir indicadores de negócio de modo consciente é fundamental para se conseguir analisar o negócio objetivamente. É essencial que os indicadores analisados mostrem aos gestores o caminho a seguir, de modo a corrigirem-se erros e a aplicarem-se novas estratégias. O Multipeers propõe-lhe um conjunto de 50 KPIs essenciais para uma gestão 360º do seu negócio. Faça download do nosso e-book!

Que dashboards não podem faltar na sua empresa?

Que dashboards não podem faltar na sua empresa?

Posted on Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Um dashboard é um painel de controlo que apresenta de forma visual as informações mais importantes sobre o negócio. No caso de utilizar uma ferramenta como o Multipeers, a informação é atualizada permanente e automaticamente, de modo a que tenha ao seu dispor as informações mais atuais sobre tudo aquilo que se passa na empresa. Ao utilizar um dashboard, consegue facilmente perceber se os seus objetivos de negócio estão a ser cumpridos. Relacionar os KPI’s com as atividades do dia-a-dia é essencial para que os objetivos individuais e globais sejam alcançados de forma mais simples. No artigo de hoje, deixamos-lhe 5 dashboards que não podem faltar na sua empresa!

Dashboard executivo

Um dashboard executivo agrupa informações imprescindíveis para a tomada de decisão. É um painel que usa recursos gráficos para simplificar a compreensão geral da informação. É um dashboard muito útil para analisar os KPI’s e todos os processos de uma empresa. Esta ferramenta executiva por norma baseia-se em metodologias de gestão, como o Balance Scorecard. O objetivo deste painel é dotar todos os executivos com o acesso a dados importantes para a avaliação correta de novas oportunidades e de pontos de melhoria.

Dashboard operacional

Este painel é utilizado pelas equipas de trabalho e foca-se nos processos que cada equipa necessita para desempenhar as suas funções. Os dados que constam deste painel visam identificar pontos críticos da operação, auxiliando a sua correção. Facilitam ainda a comunicação entre todos os membros de uma mesma equipa.

Dashboard analítico

Este painel oferece informações detalhadas e utiliza-se para definir tendências em relação aos objetivos corporativos. Este painel permite que seja possível perceber os resultados de ações internas, bem como reações do público externo relativamente a campanhas. Um bom exemplo deste tipo de dashboard é o Google Analytics.

Dashboard de gestão de projetos

Os dashboards de gestão de projetos permite acompanhar toda a gestão do projeto, desde atividades previstas, cronogramas, entre outros aspetos. É uma ferramenta muito importante porque diminui a probabilidade de errar e aumenta a eficácia da comunicação.

 

Os gestores nem sempre conseguem identificar desvios nas rotinas de trabalho em tempo útil, o que compromete a produtividade do negócio. Os dashboards juntam o histórico das operações da empresa e pode definir padrões para detetar desvios e anomalias em tempo real. Assim, o sistema é capaz de perceber que algo não está bem e de alertá-lo de imediato para que possa agir antes de se tornar um problema sério!

 

Como analisar os dados da sua empresa de maneira eficiente

Como analisar os dados da sua empresa de maneira eficiente

Posted on Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Analisar os dados gerados diariamente pelas empresas é muito importante para conseguir acompanhar a evolução do negócio. Só com uma análise detalhada, cuidada e em tempo real é que as empresas conseguirão ter sucesso e serão capazes de acompanhar a concorrência. A informação gerada pelas empresas é cada vez maior, pelo que os gestores encontram algumas dificuldades na hora de analisar os dados, devido ao imenso volume de informação que têm ao seu dispor. No artigo de hoje, deixamos-lhe dicas importantes para analisar os dados da sua empresa de maneira eficiente!

Utilize os dados para traçar perfis dos clientes

É obrigatório conhecer o perfil do cliente, as suas necessidades, gostos e expetativas. Conseguimos traçar este perfil se estivermos atentos aos sinais que ele deixa nos diferentes canais de comunicação com a empresa. No mundo digital de hoje em dia, todos deixamos pistas e tudo o que o cliente faz na Internet pode ser informação relevante para a construção do seu perfil, para que a empresa consiga oferecer um serviço personalizado. O seu comportamento cria estatísticas, que por sua vez criam comportamentos de consumo. Através da análise de dados, podemos melhorar o nosso serviço para aquele cliente, aumentando a sua ligação com a marca.

Faça mudanças frequentes para simplificar processos

Um processo é algo que a empresa faz de forma contínua. Como é algo que é repetido no tempo, é essencial que se criem normas e rotinas para melhorar cada processo. Automatizar tudo o que for possível, eliminar o que é desnecessário e padronizar o que é repetitivo são algumas das formas possíveis para melhorar os processos nas empresas.

Leve a definição dos KPI’s muito a sério

As empresas produzem milhares de dados num curto espaço de tempo e torna-se impossível analisar todos os indicadores disponíveis. Os KPI’s – indicadores-chave de desempenho – são os indicadores de sucesso do negócio e são aqueles indicadores que nos demonstram se a empresa está a ir pelo caminho certo. É essencial que os gestores definam os indicadores mais relevantes de modo a saber sempre se os resultados esperados estão a ser atingidos. Sendo humanamente impossível avaliar todos os indicadores, é fundamental que o gestor se foque naqueles que nos mostram exatamente qual é o estado do negócio.

Crie relatórios de fácil leitura

A análise de dados deve ser feita de forma constante, para que as decisões sejam tomadas com base em informação atual. Muitas empresas fazem relatórios semanais e quando encontram a informação esta já tem alguns dias. O ideal é criar relatórios curtos e relevantes e de fácil leitura. O Multipeers permite que crie relatórios simples, em que todos os utilizadores percebem a informação e os outputs da análise. Esta alteração vai impactar positivamente nas ações de marketing, que serão muito mais controladas e efetivas.

Analisar os dados é fundamental para conseguir dar resposta aos constantes desafios do mundo empresarial tão competitivo de hoje em dia. Já não basta analisar os eventos depois destes terem acontecido: é imprescindível estar sempre a par do que se passa a cada momento. Os sistemas de monitorização de negócio como o Multipeers são ferramentas essenciais no mundo dos negócios de hoje em dia, pois permitem-nos analisar ao segundo aquilo que se está a passar na empresa, permitindo agir de imediato sem que existam consequências graves.

7 dicas de gestão para todas as empresas

7 dicas de gestão para todas as empresas

Posted on Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Algumas dicas de gestão são universais, independentemente do tamanho da empresa. É importante que os gestores estejam sempre atentos às tendências do mercado e às necessidades dos seus clientes, para que se possam adaptar constantemente à realidade onde estão inseridos. No artigo de hoje, deixamos-lhe 7 dicas valiosas para gerir melhor a sua empresa!

Conheça bem o mercado e os seus clientes

Parece uma dica muito básica e que todos conhecem, mas a verdade é que é aqui onde muitas empresas falham. É fundamental que as empresas conhecem bem o mercado onde estão inseridas, para que não sejam surpreendidas por flutuações inesperadas. Do mesmo modo, é imprescindível que as empresas saibam bem para que público estão a comunicar e que conheçam as especificidades do seu público-alvo. Só deste modo é que é possível criar uma mensagem que vá de encontro às necessidades do target.

Saiba sempre tudo sobre o seu negócio

Entender a cem por cento aquilo que faz e conhecer a cada momento o estado do negócio é imprescindível para que tenha bons resultados. Uma boa opção para estar sempre a par do que se passa com o seu negócio é utilizar uma ferramenta de monitorização em tempo real como o Multipeers, pois conseguirá encontrar toda a informação sobre todas as áreas da empresa num só dashboard.

Mantenha o seu foco no Cliente

O Cliente é o mais importante do seu negócio e é para ele que deve trabalhar. Hoje em dia, os consumidores são muito mais exigentes do que no passado e são mais informados, o que significa que deve fazer um esforço acrescido para conseguir colmatar todas as suas necessidades. Mantenha canais de comunicação em diversas plataformas e mostre-se preocupado em resolver todas as suas necessidades. Só assim é que conseguirá fidelizá-lo.

Estabeleça objetivos

Se não sabe para onde vai, qualquer caminho serve. É importantíssimo estabelecer objetivos e trabalhar em equipa no sentido de alcança-los. Os objetivos devem ser mensuráveis e realistas, caso contrário apenas contribuirão para desmotivar os colaboradores.

Invista na comunicação interna

A comunicação interna é muitas vezes descurada, mas é das áreas mais importantes numa empresa, pois lida com o principal público de uma organização: os seus recursos humanos. É importante que exista fluidez na transmissão de mensagens, assim como transparência no ambiente de trabalho. É essencial implementar canais de gestão empresarial e/ou aplicações que facilitem a comunicação entre os diversos departamentos.

Utilize o ciclo PDCA

PDCA é a siga para planear, fazer, verificar e agir. É uma técnica de gestão ligada à melhoria dos processos de uma empresa. O seu objetivo é solucionar problemas, apontando as causas para potenciais desvios e falhas produtivas. Este processo torna a organização da empresa mais eficiente a longo prazo e é essencial que se aplique desde o momento de criação de um negócio, para que a melhoria possa ser contínua.

Utilize um ERP

Os sistemas de gestão ERP são utilizados para melhorar a gestão dos recursos empresariais e relacionam os dados e processos num único lugar. Através da utilização de ferramentas deste tipo, é possível integrar todos os setores da empresa para que a tomada de decisão seja mais fácil e mais objetiva. A utilização de um ERP permite ainda a redução de custos não estratégicos e a criação de uma maior vantagem competitiva.

Como usar a inteligência artificial na área do marketing?

Como usar a inteligência artificial na área do marketing?

Posted on Leave a commentPosted in Internet e Marketing

A inteligência artificial já está por todo o lado e não há como negar isso! Se há uns anos quando pensávamos em inteligência artificial “viajámos” para um futuro longínquo, hoje podemos dizer que a inteligência artificial já faz parte do nosso dia-a-dia. Uma das áreas que mais tem tirado proveito desta nova era é a área do marketing. No artigo de hoje vamos perceber como podemos usar a inteligência artificial na área do marketing.

Personalizar a experiência do consumidor

Esta é a área mais impactante da inteligência artificial na área do marketing. O consumidor é a pessoa mais importante de todo o processo comunicativo e com base nos dados recolhidos (informações pessoais, informações sobre o que pesquisa na internet, comportamento de compra) é possível oferecer conteúdos personalizados de acordo com as preferências reais de cada pessoa. Assim, cada consumidor vai sentir-se único e especial e a empresa lucrará com isso!

Utilização cada vez maior dos chatbots

Os chatbots são as estrelas da inteligência artificial. Estão ligados à base de dados da empresa e utilizam linguagem comum para falar com os clientes. São capazes de reconhecer nomes e números de telefone para prever o comportamento dos clientes. São sistemas muito inteligentes na medida em que armazenam a informação essencial para poderem encaminhar os clientes para as áreas que eles precisam de consultar. A Ryanair, por exemplo, utiliza já este sistema para falar com os clientes. A vantagem é que através dos chatbots se pode proporcionar uma experiência muito mais personalizada ao cliente, pois todas as suas preferências estão presentes!

Gestão mais centralizada

A inteligência artificial ajuda as empresas a interligarem todas as suas informações, o que tem um peso importantíssimo nas decisões de gestão e sobretudo na área de marketing. Uma empresa que analise a sua informação em tempo real e que tenha num só local todas as informações de negócio importantes será capaz de tomar decisões mais assertivas e acertadas, o que potencia o sucesso do negócio. O Multipeers é, por isso, uma ferramenta cada vez mais necessária nas empresas atuais.

Automatização de tarefas

Uma das vantagens mais importantes da inteligência artificial é a automatização de tarefas. Quanto mais automatizado o trabalho estiver, mais tempo disponível os colaboradores terão para tornar o negócio mais produtivo. A automatização pode ir desde as tarefas mais simples até às mais complexas. A nível do marketing, podemos automatizar um e-mail de boas-vindas a um novo subscritor de newsletter ou até mesmo um e-mail de agradecimento por uma compra na nossa loja on-line.

Melhor utilização dos dados

A inteligência artificial ajuda a compilar dados e a analisar experiências diárias, de modo a encontrar padrões e formas de melhoria. Os sistemas de inteligência artificial de análise de dados calculam de forma autónoma a informação de modo a gerar insights imprescindíveis para uma correta tomada de decisão. Com a experiência, as máquinas serão capazes de aprender a fazer previsões de comportamento quer dos colaboradores, quer dos clientes.

 

Como monitorizar os processos de negócio com ferramentas BAM

Como monitorizar os processos de negócio com ferramentas BAM

Posted on Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Ferramentas BAM como o Multipeers são cada vez mais necessárias nas empresas em todo o Mundo. O Business Activity Monitoring permite que as empresas acompanhem de forma objetiva e permanente todos os processos de negócio que estão a acontecer na empresa. Esta ferramenta permite monitorizar os processos de negócio face aos indicadores de gestão por ela gerados. Através de um dashboard, os gestores conseguem ter uma visão completa e em tempo real de toda a informação relevante para a operação da empresa, identificando facilmente falhas de produção, desvios face às metas estabelecidas e oportunidades de negócio. A informação é apresentada de uma forma graficamente limpa e interativa, tornando a leitura e a assimilação da informação extremamente simples. Neste artigo, vamos falar sobre como pode monitorizar os processos de negócio com ferramentas BAM!

A informação é fornecida em tempo real

A vida da sua empresa está a acontecer agora. É fundamental que tenha visibilidade direta sobre o que está a acontecer em cada momento, em cada área da organização. As ferramentas BAM captam dados em tempo real das diferentes fontes de informação e apresenta-os instantaneamente no formato que escolher.

Dashboards interativos para um melhor entendimento da informação

A informação disponibilizada pelas ferramentas BAM surge de modo consolidado para que a sua consulta seja mais fácil e rápida. Pode optar por obter a informação através de gráficos de barras, gráficos multi-série, medidores, entre muitas outras opções. A informação pode ser exibida usando a apresentação mais adequada, melhorando a análise que o utilizador pode fazer de cada indicador. Além disso, cada indicador é totalmente personalizável de acordo com necessidades do negócio. Ao utilizar o desktop, no caso do Multipeers, pode ainda usar a ferramenta ticker, que lhe permite que divulgue notícias externas ou internas, mensagens e alertas, permitindo assim que todos os colaboradores estejam sempre a par do que de importante se passa na organização.

Gestão centralizada para uma maior eficácia

As ferramentas BAM permitem-lhe obter uma plataforma sólida de administração que recolhe dados das mais diversas fontes. O Multipeers é altamente personalizável e permite a distribuição de informação processada das mais variadas formas, tais como gráficos interativos, widgets, medidores, tickers de RSS entre muitas outras.

Informação oriunda de múltiplas fontes de dados

As ferramentas BAM interagem diretamente com todas as suas fontes de dados tais como bases de dados, web services, MDX, Microsoft Excel, Feeds RSS, conteúdos multimédia, e-mail, aplicações, entre outros. Pode ainda construir os seus próprios conetores usando a API fornecida, para que nenhuma informação da sua organização fique perdida.

Sem necessidade de cliques

As ferramentas BAM atualizam de forma permanente e automática, pelo que não há necessidade de qualquer intervenção por parte do utilizador. Em vez de ser o utilizador a ir de encontro da informação, é a informação que encontra o utilizador autonomamente.

5 aplicações móveis que o vão ajudar a gerir o seu negócio

5 aplicações móveis que o vão ajudar a gerir o seu negócio

Posted on Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

O smartphone é um dos melhores amigos dos gestores, pois é através deste pequeno aparelho que fazem muitas das suas ações diárias. Hoje em dia, o mundo dos negócios não está restrito às paredes do escritório e os empresários devem ter acesso a todas as informações do negócio a partir de qualquer lugar. Existem muitas aplicações móveis que facilitam a vida dos gestores e que são verdadeiros aliados das boas decisões. Neste artigo, apresentamos-lhe 5 aplicações móveis que o vão ajudar a gerir o seu negócio.

Multipeers

A versão mobile do Multipeers é uma ótima ajuda para os gestores. O Multipeers é um sistema BAM que permite analisar o negócio em tempo real, através de um dashboard que mostra todas as informações da empresa oriundas das diferentes fontes de dados que nela existem. O gestor pode ter essa informação no seu telemóvel e facilmente perceber em que estado o negócio se encontra, podendo tomar decisões instantaneamente.

Google Drive

O Google Drive permite partilhar arquivos online, com sincronização em tempo real. Permite a integração com outras ferramentas da Google, como o Gmail. Desta forma em qualquer lugar pode aceder e editar os seus documentos de uma forma simples, a partir de um dispositivo móvel. Todas as alterações que fizer nos documentos são automaticamente guardadas. Não terá mais de pedir que lhe enviem aquele relatório que precisa para a reunião que vai ter de seguida!

Whatsapp

O Whatsapp é uma ferramenta muito importante para as equipas de trabalho, pois permite a criação de grupos, troca de opiniões e partilha de documentos. É possível estarmos a par de tudo o que se passa, mesmo que se esteja fisicamente ausente do escritório. Além de conversar, o Whatsapp permite ainda fazer chamadas telefónicas gratuitamente (desde que haja acesso à Internet) e partilhar documentos e imagens.

E-mail corporativo na Cloud

Mudar o sistema de e-mail corporativo para uma solução baseada na Cloud é bastante importante para aumentar a mobilidade empresarial. Estas soluções facilitam a comunicação entre os diversos departamentos da empresa, pois as informações tornam-se acessíveis até mesmo ao utilizar tablets e smartphones. Utilizar o e-mail em dispositivos móveis permite uma resposta mais rápida e eficaz, o que contribui para uma maior eficiência de gestão.

Office 365

O Office 365 é uma das aplicações móveis na Cloud que oferece recursos para criação de documentos em Excel, textos e apresentações. Todos estes documentos são essenciais para executar as tarefas administrativas e comunicação de qualquer negócio. Com o Office 365 é possível criar e editar documentos em qualquer lugar, dando mobilidade empresarial ao negócio. O acesso a esta ferramenta acontece por conta de utilizador e não existe a necessidade de instalar o programa em todos os dispositivos que a empresa utiliza.

Dicas práticas para otimizar a gestão do seu negócio

Dicas práticas para otimizar a gestão do seu negócio

Posted on Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Gerir um negócio nunca é uma tarefa fácil. Existem muitos dados envolvidos, muitas decisões para serem tomadas e muitos recursos humanos com quem lidar. Uma gestão otimizada é uma garantia de que o negócio se irá manter sustentável, sendo, por isso, muito importante saber como gerir todos os recursos de uma empresa. No artigo de hoje, vamos deixar-lhe algumas dicas práticas para otimizar a gestão do seu negócio!

Invista na comunicação interna

A comunicação interna é muitas vezes descurada, mas é das áreas mais importantes numa empresa, pois lida com o principal público de uma organização: os seus recursos humanos. É importante que exista fluidez na transmissão de mensagens, assim como transparência no ambiente de trabalho. É essencial implementar canais de gestão empresarial e/ou aplicações que facilitem a comunicação entre os diversos departamentos.

Utilize um ERP

Os sistemas de gestão ERP são utilizados para melhorar a gestão dos recursos empresariais e relacionam os dados e processos num único lugar. Através da utilização de ferramentas deste tipo, é possível integrar todos os setores da empresa para que a tomada de decisão seja mais fácil e mais objetiva. A utilização de um ERP permite ainda a redução de custos não estratégicos e a criação de uma maior vantagem competitiva.

Acompanhe os KPI em tempo real

Os indicadores-chave de desempenho são muito importantes para uma tomada de decisão mais assertiva e ponderada. Eles funcionam como um termómetro que nos indicam o grau dos resultados obtidos em determinadas áreas. Através de um software BAM como o Multipeers, é possível analisar o cumprimento dos KPI em tempo real. A vida do seu negócio acontece agora, por isso é imprescindível acompanhar, a cada segundo, o que se passa com a sua empresa! Só assim é que conseguirá estar um passo à frente da concorrência.

Conheça bem o mercado e os seus clientes

Parece uma dica muito básica e que todos conhecem, mas a verdade é que é aqui onde muitas empresas falham. É fundamental que as empresas conhecem bem o mercado onde estão inseridas, para que não sejam surpreendidas por flutuações inesperadas. Do mesmo modo, é imprescindível que as empresas saibam bem para que público estão a comunicar e que conheçam as especificidades do seu público-alvo. Só deste modo é que é possível criar uma mensagem que vá de encontro às necessidades do target.

Estabeleça objetivos realistas

Se uma empresa não sabe para onde quer ir, qualquer caminho serve. O estabelecimento de objetivos realistas é o fio condutor da empresa e é o mapa que vai guiar toda a atuação dos colaboradores. Para que um objetivo seja positivo para a empresa, deve ser específico, mensurável, atingível, relevante e desafiador.