5 Dicas para implementar a transformação digital de forma correta

5 Dicas para implementar a transformação digital de forma correta

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

A transformação digital nas empresas é cada vez mais uma necessidade e já não é encarada apenas como uma moda. Hoje em dia, uma empresa que não existe online é quase como se não existisse e é facilmente ultrapassada pela concorrência. As tecnologias digitais redefiniram a forma das empresas fazerem negócios, alteraram o modo como nos relacionamos com os clientes e a forma de comunicar. Uma pesquisa da Forrester revela que os empresários das grandes empresas esperam que 47% do total de vendas seja influenciado pelos meios digitais em 2020. No artigo de hoje, deixamos-lhe 5 dicas para implementar a transformação digital de forma correta!

Redefina o seu negócio

A transformação digital é muito mais do que incluir tecnologia em todos os processos da empresa. A transformação digital é uma mudança que afeta todas as áreas do negócio e que exige uma mudança cultural, que apenas se conseguirá se os colaboradores estiverem dispostos a mudar. É importante analisar o mercado da sua empresa e definir uma estratégia para o futuro, identificando potenciais ameaças e oportunidades, adaptando toda a atuação da empresa.

Envolva toda a equipa

Mesmo que exista um responsável pelo processo da transformação digital, é muito importante que envolva todos os colaboradores nesta mudança, pois só assim terá o seu apoio e comprometimento. A comunicação entre todos os departamentos é essencial para que a transformação digital seja implementada de forma correta.

Mantenha-se atualizado

Quando uma empresa decide investir na transformação digital, deve estar ciente de que é necessário estar constantemente atualizado sobre as tendências e novidades tecnológicas. A inteligência artificial é a maior tendência para os próximos anos, segundo um estudo do Gartner divulgado em 2016. Acredita-se que cada vez mais o relacionamento com o cliente através de meios digitais será feito com recurso a chatbots. A utilização do armazenamento na Cloud é outra grande tendência. Segundo uma pesquisa feita pelo IDC, até 2020 cerca de 67% das despesas de software estarão relacionadas com ferramentas de armazenamento na nuvem.

Tenha ajuda de especialistas

A mudança de um paradigma analógico para um paradigma digital pode ser bastante complexa para empresas que não têm a experiência necessária. Nestas situações, é aconselhável contratar apoio externo. As empresas especializadas têm uma maior experiência e mais conhecimento técnico sobre o assunto e estarão mais preparadas para enfrentar os desafios que surgiram pelo caminho. Contudo, é preciso avaliar os custos: adotar uma solução pronta a usar certamente custará menos do que desenvolver a ferramenta internamente. No entanto, é fundamental conhecer todas as necessidades da empresa, pois as soluções existentes podem não ser capazes de responder a todas as exigências da sua empresa.

Trabalhe sempre com objetivos

Seguir a tendência do mercado é muito positivo, mas pode ser prejudicial caso não saiba quais são os objetivos que o seu negócio tem com a adoção da transformação digital. É importante que conheça bem os seus objetivos e que estes sejam específicos, realistas e mensuráveis, pois só assim poderão ser alcançados. A transformação digital pode ajudá-lo a alcançar os mais diversos objetivos: conquistar novos clientes, fidelizar atuais clientes, otimizar a performance das equipas, entre outros.

As principais tendências na visualização de dados

As principais tendências na visualização de dados

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Os dados são cada vez mais importantes para as empresas e saber interpretá-los de forma correta e rápida é um desafio constante. O mundo atual dos negócios é muito acelerado, pelo que já não é possível que as empresas sobrevivam apenas à custa de relatórios extensos e demorados. O Business Intelligence, a inteligência artificial e necessidade de informação em tempo real estão a mudar o modo como visualizamos os dados. No artigo de hoje, apresentamos as principais tendências na visualização de dados!

Análise e visualização de dados com base na localização

As aplicações de telemóvel e as redes sociais cada vez mais usam a georreferência. Deste modo, é possível saber em que local se encontra um cliente e enviar informação personalizada e útil no momento, de modo a estimular uma compra. Esta tendência irá estar bem presente no futuro, onde as aplicações vão começar a integrar mais análise com base em geotags.

Visualização de dados para todos

A tendência é que todos os colaboradores de uma empresa tenham acesso aos dados importantes para o exercício das suas funções. Se antes os dados estavam apenas disponíveis para os gestores de topo e para os decisores, no futuro é expectável que exista uma democratização no acesso aos dados, para que todos os colaboradores estejam mais informados e possam desempenhar melhor as suas tarefas.

Dashboards interativos

O grande volume e complexidade dos dados requerem novas formas de analisar a informação. Os dashboards interativos vão ser uma grande tendência no próximo ano. Softwares como o Multipeers permitem a criação de um dashboard interativo com informação oriunda de diversas fontes de dados, o que torna a análise mais rápida e, consequentemente, a tomada de decisões é mais célere e eficiente.

Presença em diversas plataformas

As empresas devem estar presentes em várias plataformas (redes sociais, blog, website) e assim recolher dados de diversas fontes. Esta informação poderá ser utilizada para conhecer melhor os clientes e as suas necessidades e desejos. Deste modo, a oferta das empresas pode ser adaptada às necessidades reais dos consumidores, o que os tornará mais fieis à marca.

Cientistas de dados

Esta vai ser uma das profissões mais procuradas no futuro. Um cientista de dados é um profissional analítico que tem capacidades técnicas capazes de resolver problemas complexos e surgiram para tratar da enorme quantidade de dados não estruturados com os quais as empresas têm que lidar diariamente. Este profissional cria algoritmos para extrair insights dos dados gerados pelas diversas fontes de informação e apresenta-os num formato prático e simples de analisar por parte dos tomares de decisão, que depois serão capazes de definir estratégias e decidir qual o melhor caminho para a empresa.