Como os relatórios em tempo real orientam a tomada de decisão

Como os relatórios em tempo real orientam a tomada de decisão

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Os gestores precisam de informação fidedigna e atualizada para tomarem decisões benéficas para o negócio. Na maior parte das empresas, os relatórios baseiam-se em dados com alguns dias e isso faz com que as decisões sejam sempre tomadas tendo como base dados informação obsoleta. Isto é extremamente prejudicial para os negócios, pois as decisões mais corretas são aquelas que são tomadas através de informação em permanente atualização. Softwares como o Multipeers são cada vez mais uma exigência do mercado, visto que permitem que o gestor tenha acesso à informação da sua empresa em tempo real e através de qualquer dispositivo. No artigo de hoje, vamos perceber como é que os relatórios em tempo real orientam a tomada de decisão!

A informação em tempo real permite antecipar tendências de mercado

Os relatórios que se baseiam em tempo real permitem a antecipação de tendências futuras do mercado. Uma empresa que baseia a sua atuação na informação mais atual que possui, vai estar sempre um passo à frente da concorrência. Por exemplo, se o gestor perceber que um determinado produto está a ter uma procura anormal, pode pedir maior produção deste item. Do mesmo modo, se verificar que um produto se encontra “esquecido” pelos consumidores, pode lançar campanhas que permitam a sua venda.

Os alertas de negócio garantem que não perde nenhuma informação

Os softwares de monitorização do negócio como o Multipeers permitem a definição de alertas de negócio para que seja avisado sempre que alguma situação sai do seu padrão. Onde quer que esteja, será notificado por SMS ou e-mail sobre eventuais alterações aos seus padrões previamente estabelecidos e poderá agir de imediato, antes mesmo de haver prejuízos para a organização. Esta revela-se uma enorme vantagem competitiva pois possibilita uma ação imediata e impede consequências negativas para o negócio.

Pode utilizar diversas fontes de dados em simultâneo

Com a utilização de um sistema de análise em tempo real é possível agregar num só sistema toda a informação relativa à empresa. Deste modo, o acesso à informação torna-se bastante mais fácil e intuitivo, reduzindo o tempo que anteriormente o gestor gastava a condensar informações oriundas de diversas fontes de dados. Poderá realizar relatórios muito rapidamente baseados em informação fidedigna.

Os processos empresariais tornam-se mais ágeis

Como os programas de gestão da informação em tempo real apresentam a informação de forma condensada e já pronta para análise, a necessidade de fazer relatórios extensos vai desaparecer. Desse modo, os colaboradores que antes tinham essa responsabilidade vão ficar com mais tempo disponível para outras tarefas, o que certamente contribuirá para um aumento de produtividade. A análise em tempo real elimina as tarefas mais burocráticas, o que torna a empresa mais ágil.

 

 

Otimize a tomada de decisão na sua empresa em 5 passos

Otimize a tomada de decisão na sua empresa em 5 passos

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Decisões, decisões e mais decisões! Todos os dias os gestores enfrentam o desafio de tomar decisões que podem mudar drasticamente o rumo de um negócio. Tomar a decisão certa é uma tarefa complicada, pois nem sempre temos os dados de que necessitamos para decidir de forma consciente. Numa altura em que os dados são cada vez em maior número nas organizações, é muito difícil extrair insights úteis que nos ajudem a escolher o melhor rumo. No artigo de hoje, vamos perceber como pode otimizar a tomada de decisão na sua empresa em 5 passos!

Identifique corretamente o problema que precisa de ser resolvido

A tomada de decisão, na maior parte das situações, tem como objetivo resolver um problema empresarial. Assim, para que a melhor decisão seja tomada é preciso identificar a sua origem e listar todas as possíveis soluções. Esta etapa parece básica mas é uma das mais importantes e uma das mais subestimadas. A análise profunda da situação vai dar-nos os dados necessários para sabermos qual caminho escolher. Uma decisão inadequada pode comprometer a continuidade do negócio.

Aceite que não há só uma resposta certa

A escolha que hoje parece ser a ideal, amanhã poderá não ser a mais adequada. Na hora de decidir nos negócios não existe apenas uma resposta certa e as decisões têm que ser tomadas tendo sempre em conta o contexto atual do negócio. O gestor deve colocar todas as respostas possíveis em cima da mesa e analisar os prós e os contras, tendo em consideração que poderá existir mais do que uma resposta certa para a mesma situação. E aconselhamos a que a decisão seja tomada em equipa, pois desta forma vai envolver os seus colaboradores e isso aumenta a motivação das pessoas.

Utilize um software de monitorização em tempo real

É muito importante ter um sistema de monitorização do negócio em tempo real que permita definir alertas de negócio para que seja avisado sempre que alguma situação importante requer uma  intervenção imediata. O Multipeers é um sistema BAM que permite que defina alertas de negócio que o avisam sempre que uma situação requer a sua atenção. Deste modo, vai estar sempre a par dos eventos do seu negócio e vai poder decidir em tempo útil. Muitas das decisões são tomadas com base em relatórios com alguns dias de atraso, o que faz com que a empresa tenha uma ação reativa e não proativa. Com o Multipeers vai conseguir estar sempre à frente da concorrência e decidir da melhor forma possível para o negócio.

Tome decisões a pensar no futuro

A maior parte dos gestores privilegia as decisões que parecem trazer um maior retorno no curto prazo, acabando por se esquecerem do longo prazo. Tomar decisões que só visem o curto prazo faz com que no futuro o negócio possa ficar comprometido. Todas as decisões devem ser tomadas após a análise do impacto que vão ter no curto e longo prazo. Uma decisão que no presente é útil mas que no futuro pode trazer problemas sérios deve ser evitada.

Não adie as decisões inadiáveis

Temos tendência a adiar decisões difíceis mesmo sabendo que mais cedo ou mais tarde teremos que agir. Se já sabe qual a decisão que vai tomar e as consequências que isso vai ter para o seu negócio, não vale a pena adiar mais. O negócio precisa de dinamismo e é através das decisões que ele evolui. Com as ferramentas certas, é possível tomar decisões benéficas para o negócio.

 

Como simplificar a tomada de decisões nas empresas?

Como simplificar a tomada de decisões nas empresas?

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Uma decisão errada pode comprometer o sucesso de um negócio. Por isso, é fundamental que os gestores tenham à sua disposição todas as ferramentas necessárias para tomarem decisões de forma consciente e informada. O mercado está cada vez mais competitivo e os consumidores estão cada vez mais exigentes e estes dois fatores dificultam uma tomada de decisão correta. na medida em que uma falha na decisão pode comprometer seriamente toda a continuidade do negócio. No artigo de hoje, vamos perceber de que forma podemos simplificar a tomada de decisões nas empresas!

Identifique corretamente o problema que precisa de ser resolvido

A tomada de decisão, na maior parte das situações, tem como objetivo resolver um problema empresarial. Assim, para que a melhor decisão seja tomada é preciso identificar a sua origem e listar todas as possíveis soluções. Esta etapa parece básica mas é uma das mais importantes e uma das mais subestimadas. A análise profunda da situação vai dar-nos os dados necessários para sabermos qual caminho escolher.

Software de monitorização em tempo real

É muito importante ter um sistema de monitorização do negócio em tempo real que permita definir alertas de negócio para que seja avisado sempre que alguma situação importante requer uma  intervenção imediata. O Multipeers é um sistema BAM que permite que defina alertas de negócio que o avisam sempre que uma situação requer a sua atenção. Deste modo, vai estar sempre a par dos eventos do seu negócio e vai poder decidir em tempo útil. Muitas das decisões são tomadas com base em relatórios com alguns dias de atraso, o que faz com que a empresa tenha uma ação reativa e não proativa. Com o Multipeers vai conseguir estar sempre à frente da concorrência e decidir da melhor forma possível para o negócio.

Defina KPI’s (e monitorize-os)

Os KPI’s relacionam-se com o ponto anterior. Um KPI – indicador de performance – é um valor que demonstra se a empresa está a atingir os seus principais objetivos e se está no caminho certo. A empresa deve ter KPI’s gerais bem definidos. Do mesmo modo, cada departamento e colaborador deve conhecer os seus KPI’s de modo a que possa trabalhar no sentido de atingir os seus objetivos e ajudar a empresa a crescer. “Se não sabemos para onde vamos qualquer caminho serve”: deste modo, é indispensável que cada colaborador conheça o seu papel na empresa para que possa orientar o seu trabalho diário no sentido de atingir todos os seus objetivos.

Avalie todas as opções e peça a colaboração da sua equipa

Antes de tomar uma decisão, o gestor deve identificar e analisar pormenorizadamente todas as alternativas disponíveis. O mesmo problema pode ter várias soluções e o gestor deve contar com a ajuda da sua equipa para escolher o melhor caminho a seguir. Deste modo, não só a empresa ganha pois a opinião de todos será, certamente, melhor que a de uma pessoa só, como os colaboradores se sentirão mais motivados pois sentem-se parte integrante do processo.

 

Analisar os dados em tempo real é cada vez mais uma realidade nas empresas em todo o Mundo. Os negócios acontecem a um ritmo muito acelerado e é essencial que saiba o que está a acontecer na sua empresa para conseguir tomar as decisões mais adequadas para o seu negócio.

Conheça as vantagens do sistema BAM e saiba como estas ferramentas podem ajudar o seu negócio!

A importância da informação no processo de tomada de decisão

A importância da informação no processo de tomada de decisão

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

As decisões difíceis fazem parte da vida diária dos gestores. É necessário estar sempre a par do que se passa na empresa para tomar as decisões certas para o negócio. No entanto, devido à cada vez maior quantidade de dados nas empresas, nem sempre é fácil decidir de forma consciente e objetiva. Neste artigo, abordamos a importância da informação no processo de tomada de decisão.

Informação é importante para identificar problemas

Numa grande parte das situações, a tomada de decisão tem como objetivo resolver um problema. Assim, é preciso identificar a sua origem e listar todas as possíveis soluções. Esta etapa parece básica mas é uma das mais importantes, pois vai dar-nos os dados necessários para sabermos qual caminho escolher. E nem sempre existe informação atualizada e organizada para tomar estas decisões. A informação correta é essencial para que os gestores consigam decidir da melhor forma.

A informação em tempo real é uma necessidade crescente

O dia-a-dia de um gestor é bastante atarefado e é humanamente impossível conseguir acompanhar todas as situações que acontecem no negócio. Vivemos numa era em que somos “bombardeados” por dados vindos de todas as direções! É muito importante ter um sistema de monitorização do negócio em tempo real pois permite definir alertas de negócio para que seja avisado sempre que alguma situação importante requer intervenção imediata. O Multipeers é um sistema BAM que permite que defina alertas de negócio que o avisam sempre que uma situação requer a sua atenção. Deste modo, vai estar sempre a par dos eventos do seu negócio e vai poder decidir em tempo útil. Muitas das decisões são tomadas com base em relatórios com alguns dias de atraso, o que faz com que a empresa tenha uma ação reativa e não proativa. Com o Multipeers vai conseguir estar sempre à frente da concorrência, uma vez que consegue ter um só dashboard todas as informações geradas pela sua empresa!

Ter informação de diversas fontes de dados para uma visão geral

Antes de tomar uma decisão, o gestor deve identificar e analisar pormenorizadamente todas as alternativas disponíveis. O mesmo problema pode ter várias soluções e o gestor deve contar com a ajuda da sua equipa para escolher o melhor caminho a seguir. Deste modo, não só a empresa ganha pois a opinião de todos será, certamente, melhor que a de uma pessoa só, como os colaboradores se sentirão mais motivados pois sentem-se parte integrante do processo.

Informação em qualquer lugar

mobilidade é uma tendência em crescimento e em muitos setores é já uma realidade diária. Os colaboradores e os gestores devem ter acesso às informações mais importantes sobre o negócio pois só assim conseguirão tomar decisões eficazes e no momento certo. A cloud computing veio facilitar a mobilidade laboral, ao permitir que documentos importantes do negócio sejam consultados em qualquer lugar e para que exista uma tomada de decisão efetiva.

Como é que um dashboard pode ajudar a tomar decisões empresariais?

Como é que um dashboard pode ajudar a tomar decisões empresariais?

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Os dashboards têm uma importância cada vez maior nas empresas. No dia-a-dia empresarial agitado, os gestores necessitam de consultar diversas fontes de informação de modo a conseguirem obter todos os dados de que precisam para uma tomada de decisão consciente. Este é um processo que consome demasiado tempo e, não raras vezes, a informação encontra-se desorganizada, o que prejudica muito uma tomada de decisão rápida e eficaz. Assim sendo, o dashboard é hoje uma ferramenta fundamental para os negócios e no artigo de hoje vamos perceber como é que o dashboard pode ajudar a tomar decisões empresariais!

O que é um dashboard?

Um dashboard é um painel de controlo que apresenta de forma visual as informações mais importantes sobre o negócio. No caso de utilizar uma ferramenta como o Multipeers, a informação é atualizada permanente e automaticamente, de modo a que tenha ao seu dispor as informações mais atuais sobre tudo aquilo que se passa na empresa.

Conhecimento constante sobre os objetivos empresariais

Ao utilizar um dashboard, consegue facilmente perceber se os seus objetivos de negócio estão a ser cumpridos. Relacionar os KPI’s com as atividades do dia-a-dia é essencial para que os objetivos individuais e globais sejam alcançados de forma mais simples. Só com um conhecimento efetivo do que se passa na empresa e da evolução das áreas é que conseguirá tomar decisões certas para a boa continuação do seu negócio.

Avaliação permanente do negócio

Uma das principais vantagens do uso de dashboards relaciona-se com o facto de poder analisar constantemente o presente e o passado do seu negócio. Com um dashboard, é muito fácil analisar o histórico da empresa e encontrar padrões de comportamento do passado que irão ajudar a tomar decisões no presente que não comprometem o futuro!

Identificação de problemas em tempo útil

Os gestores nem sempre conseguem identificar desvios nas rotinas de trabalho em tempo útil, o que compromete a produtividade do negócio. O dashboard vai juntar o histórico das operações da empresa e pode definir padrões para detetar desvios e anomalias em tempo real. Assim, o sistema é capaz de perceber que algo não está bem e de alertá-lo de imediato para que possa agir antes de se tornar um problema sério.

Condensa todas as informações da empresa num só local

Neste campo, é preciso ter cuidado para não ter um dashboard demasiado “cheio”, ou seja, com informação que não é relevante para a sua tomada de decisão. Isso só vai criar ruído visual e complicar a sua análise. Deve criar um dashboard de fácil leitura e apenas com os dados que realmente importam para si.

Os gestores nem sempre conseguem identificar desvios nas rotinas de trabalho em tempo útil, o que compromete a produtividade do negócio. Os dashboards juntam o histórico das operações da empresa e pode definir padrões para detetar desvios e anomalias em tempo real. Assim, o Multipeers é capaz de perceber que algo não está bem e de alertá-lo de imediato para que possa agir antes de se tornar um problema sério!

 

Como é o processo de tomada de decisão nas empresas de sucesso?

Como é o processo de tomada de decisão nas empresas de sucesso?

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Decisões, decisões e mais decisões: é assim o dia-a-dia de um gestor. Qualquer decisão interfere no sucesso (ou insucesso) do negócio, pelo que é fundamental ter conhecimento adequado e atualizado no momento de decidir. As decisões devem ser tomadas de modo consciente, pois quando decidimos intuitivamente, sem dados e factos concretos, poderemos estar a prejudicar seriamente o nosso negócio. No artigo de hoje, vamos perceber como é o processo de tomada de decisão nas empresas de sucesso!

Primeira etapa: identificação do problema

Numa grande parte das situações, a tomada de decisão tem como objetivo resolver um problema. Assim, é preciso identificar a sua origem e listar todas as possíveis soluções. Esta etapa parece básica mas é uma das mais importantes, pois vai dar-nos os dados necessários para sabermos qual caminho escolher. No final, a decisão tomada terá que estar de acordo com o problema identificado. Se isso não acontecer, a decisão tomada poderá ser completamente ineficaz para as necessidades da empresa.

Segunda etapa: recolha de dados

Nesta etapa, é importante fazer uma recolha dos dados necessários para tomar a decisão. É aqui que se faz uma análise completa da situação. Cada vez mais, os gestores precisam de ter acesso aos dados em tempo real. Soluções como o Multipeers permitem que o gestor tenha acesso a todas as informações oriundas de todas as fontes de dados da empresa. Este cenário é o mais indicado para que a decisão tomada seja a correta para o negócio, uma vez que o gestor sabe, a cada momento, exatamente aquilo que se passa no seu negócio. A informação em tempo real é cada vez mais uma necessidade e uma realidade nas empresas de todo o Mundo.

Terceira etapa: avaliar todas as hipóteses

Antes de tomar uma decisão, o gestor deve identificar e analisar pormenorizadamente todas as alternativas disponíveis. O mesmo problema pode ter várias soluções e o gestor deve contar com a ajuda da sua equipa para escolher o melhor caminho a seguir. Deste modo, não só a empresa ganha pois a opinião de todos será, certamente, melhor que a de uma pessoa só, como os colaboradores se sentirão mais motivados pois sentem-se parte integrante do processo.

Quarta etapa: decisão e acompanhamento

A última etapa é escolher a alternativa mais adequada à realidade da empresa. Contudo, o processo de decisão não deve ficar extinto no momento em que se decide. Para que haja uma evolução positiva do negócio, todas as decisões devem ser acompanhadas continuamente, de modo a perceber se realmente foi a decisão certa para o negócio e para aplicar alterações caso sejam necessárias.

Analisar os dados em tempo real é cada vez mais uma realidade nas empresas em todo o Mundo. Os negócios acontecem a um ritmo muito acelerado e é essencial que saiba o que está a acontecer na sua empresa para conseguir tomar as decisões mais adequadas para o seu negócio.

Conheça as vantagens do sistema BAM e saiba como estas ferramentas podem ajudar o seu negócio!

 

Os melhores KPI's de recursos humanos que a sua empresa pode ter

Os melhores KPI’s de recursos humanos que a sua empresa pode ter

Posted Leave a commentPosted in Definição de métricas de negócio

Sem as pessoas as empresas não são nada, e o público interno é um dos mais importantes nas organizações, uma vez que é este que faz as empresas crescerem e evoluírem. People Analytics é o processo de recolha, organização e análise de dados sobre o comportamento dos colaboradores, com o intuito de contribuir para as decisões tomadas na empresa, antecipando tendências e ajustando estratégias. Este termo é cada vez mais importante para as empresas e prevê-se que nos próximos tempos ganhe uma importância crescent, o que significa que cada vez mais existem dados sobre os colaboradores e existe uma necessidade de fazer algo de útil com esses dados. Os KPI’s ajudam-nos a trabalhar a informação e a obter insights importantes para a tomada de decisão. No artigo de hoje, apresentamos os melhores KPI’s de recursos humanos que a sua empresa pode ter!

Índice de rotatividade

Indica a quantidade de colaboradores que saem e que entram na empresa, durante um determinado período. Para a empresa, é melhor que este índice seja o mais baixo possível, pois significa que há retenção de talento. Um índice elevado pode indicar uma baixa atratividade da empresa em relação à concorrência.

Absentismo

O absentismo mede as taxas de ausência dos colaboradores e indica os reais motivos das faltas ou atrasos. O absentismo pode estar ligado a más condições de trabalho, como a ergonomia na empresa ou mau ambiente na equipa.

Custos de rotatividade

Para calcular este indicador é preciso inserir todas as despesas de pagamento das rescisões contratuais e somar todos os custos legais e processuais. Também é preciso acrescentar os gastos com a reposição do profissional que foi embora, além do investimento em formação.

Relação horas extras e horas trabalhadas

Este indicador está ligado ao conceito de produtividade e demonstra a relação entre a quantidade de horas extras (pagas ou utilizadas para o banco de horas) e as horas trabalhadas. É um indicador importante para analisar a sobrecarga, capacidade operacional e alocação de mão de obra.

Índice de satisfação dos colaboradores

Este índice é calculado mediante a recolha de opiniões por parte dos colaboradores, que podem responder a inquéritos onde revelem o seu grau de satisfação numa escala numérica. Quando mais alto for este nível, melhor será a atuação da área de recursos humanos e maior é a motivação dos colaboradores para trabalhar.

Custo médio por colaborador

Este indicador mostra-nos quanto nos custa, em média, cada colaborador da empresa. É obtido após somar todas as despesas com o pessoal (salário, subsídio de alimentação, subsídios de férias e de Natal, contribuições para o Estado, entre outras despesas) e dividir pelo número total de colaboradores da empresa.

 

Tipos de análise para conhecer melhor a concorrência

Tipos de análise para conhecer melhor a concorrência

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Vivemos num mundo muito competitivo e a área dos negócios não foge a esta regra. Assim, é essencial que as empresas conheçam bem a sua concorrência, de modo a saber quais ferramentas utilizar e quais estratégias adotar para vencer no mercado. As redes sociais vieram facilitar o acompanhamento da nossa concorrência, pois é muito fácil saber em que produtos ou serviços estão a apostar e quais as reações dos consumidores a estes mesmos produtos e serviços, por exemplo. No artigo de hoje, falamos sobre os tipos de análise para conhecer melhor a concorrência!

Análise preditiva

A análise preditiva é uma forma avançada de Data Analytics que tem como objetivo responder à questão “o que vai acontecer?”. É um tipo de análise que faz previsões através de probabilidades. Esta análise é possível graças a técnicas como análise de regressão e progressão, correspondência de padrões e diversos tipos de estatística. Este tipo de Data Analytics é muito utilizado em empresas do mercado de ações e investimentos. É um tipo de análise muito importante, pois permite-nos compreender a atuação das empresas nos mercados e antecipar problemas e tendências.

Análise diagnóstica

A análise diagnóstica vai explicar-nos porque é que determinada coisa aconteceu. Este tipo de análise vai relacionar todos dados e informações disponíveis, de modo a encontrar padrões de comportamento que possam explicar os resultados. É uma análise importante para encontrar problemas e sobretudo para evitar repeti-los no futuro. Permite-nos relacionar a nossa atuação com a atuação da nossa concorrência, o que faz com que seja possível encontrar pontos de melhoria e minimizar ações nefastas para a imagem da empresa.

Google Alerts

Esta é uma ferramenta muito simples e muito fácil de usar. Se quiser ser alertado todas as vezes que a sua concorrência for citada no mundo Web, basta monitorizar as palavras-chave relacionadas com a concorrência. Poderá sempre saber em que áreas os seus concorrentes estão a ter destaque e esta poderá ser uma excelente forma de descobrir tendências de mercado!

Benchmarking Competitivo

O benchmarking é um instrumento que visa melhorar o desempenho de modo a posicionar-se à frente da concorrência. O processo baseia-se na aprendizagem com as melhores experiências das empresas que atuam no mesmo setor de atividade: é o chamado “aprender com os melhores”. O benchmarking competitivo tem como objetivo a análise da concorrência direta e centra-se na comparação dos produtos e serviços, métodos, estratégias e campanhas utilizadas. O objetivo é superar o bom desempenho da concorrência através da melhoria dos métodos por ela utilizados.

SocialMention

Esta ferramenta permite acompanhar tudo aquilo que se passa nos blogs, vídeos e redes sociais. Quando procurar por um termo, seja ele uma palavra-chave ou o nome de uma empresa, a ferramenta mostra-lhe tudo o que está a ser dito sobre aquele termo em blogs e plataformas sociais. O uso dela é muito similar ao Google Alerts, mas além das publicações em sites, também nos mostra as partilhas nas redes sociais e nas plataformas de vídeo, aumentando assim a sua abrangência.

As melhores ferramentas para uma tomada de decisão eficaz

As melhores ferramentas para uma tomada de decisão eficaz

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Todos os gestores enfrentam diariamente o desafio de tomar decisões. Num mercado tão agitado e em que a informação flui a um ritmo muito acelerado, nem sempre é fácil ter a informação certa no momento certo, o que complica o processo da tomada de decisão. É fundamental que os gestores se dotem das ferramentas adequadas para que consigam tomar decisões objetivas e assertivas. No artigo de hoje, falamos sobre as melhores ferramentas para uma tomada de decisão eficaz!

Soluções de armazenamento na Cloud

mobilidade é uma tendência em crescimento e em muitos setores é já uma realidade de todos os dias. Os colaboradores e os gestores devem ter um fácil acesso às informações mais importantes sobre o negócio, pois só assim conseguirão tomar decisões eficazes e no momento certo. A cloud computing veio facilitar a mobilidade laboral, ao permitir que documentos importantes do negócio sejam consultados e editados em qualquer lugar. Isto vai contribuir para uma tomada de decisão efetiva.

Ferramenta de informação em tempo real

O dia-a-dia de um gestor é bastante atarefado e é humanamente impossível conseguir acompanhar todas as situações que acontecem no negócio. É muito importante ter um sistema de monitorização do negócio em tempo real que permita definir alertas de negócio para que seja avisado sempre que alguma situação importante requer intervenção imediata. O Multipeers é um sistema BAM que permite que defina alertas de negócio que o avisam sempre que uma situação requer a sua atenção. Deste modo, vai estar sempre a par dos eventos do seu negócio e vai poder decidir em tempo útil. Muitas das decisões são tomadas com base em relatórios com alguns dias de atraso, o que faz com que a empresa tenha uma ação reativa e não proativa. Com o Multipeers vai conseguir estar sempre à frente da concorrência.

KPI’s

Os KPI’s relacionam-se com o ponto anterior. Um KPI – indicador de performance – é um valor que demonstra se a empresa está a atingir os seus principais objetivos. A empresa pode e deve ter KPI’s bem definidos. Do mesmo modo, cada departamento e colaborador deve conhecer os seus KPI’s de modo a que possa trabalhar no sentido de atingir os seus objetivos e ajudar a empresa a crescer. “Se não sabemos para onde vamos qualquer caminho serve”: deste modo, é indispensável que cada colaborador conheça o seu papel na empresa para que possa orientar o seu trabalho diário no sentido de atingir todos os seus objetivos. Com o Multipeers, é possível acompanhar os KPI’s em tempo real.

Ciclo PDCA

PDCA é a siga para planear, fazer, verificar e agir. É uma técnica de gestão ligada à melhoria dos processos de uma empresa. O seu objetivo é solucionar problemas, apontando as causas para potenciais desvios e falhas produtivas. Este processo torna a organização da empresa mais eficiente a longo prazo e é essencial que se aplique desde o momento de criação de um negócio, para que a melhoria possa ser contínua. Com base nesta ferramenta, é possível tomar decisões mais eficazes pois existe um maior conhecimento sobre a empresa.

Vantagens de analisar a frota em tempo real

Vantagens de analisar a frota em tempo real

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Gerir a frota em tempo real: principais vantagens

O setor dos transportes é imprevisível e otimizar a utilização dos recursos não é uma tarefa fácil. O primeiro passo para otimizar o desempenho de uma frota é obter uma visão integrada e global sobre o seu estado, recursos e disponibilidades. Analisar a frota em tempo real traz imensos benefícios e hoje apresentamos-lhe as principais vantagens da utilização de um sistema de monitorização do negócio para o setor dos transportes!

Melhor serviço para o cliente

Ter a informação em tempo real disponível em qualquer lugar permite que a empresa possa fazer a gestão da frota de forma mais assertiva. Por exemplo, empresas que trabalham com entregas ao domicílio, ao receberem um pedido podem enviar o veículo que está mais perto da morada onde tem que fazer a entrega. O serviço torna-se mais rápido, o que é bom para o cliente, e a empresa economiza em combustível.

Otimização de processos

Com a utilização de um sistema de monitorização do negócio, a empresa consegue melhorar os seus processos. É possível estimar o tempo necessário para o cumprimento de determinada rota e assim definir tempos para a execução de diversas tarefas.

Aumento da produtividade

Com a informação sobre todos os departamentos da empresa num só dashboard, os gestores conseguem analisar os dados de uma forma muito mais rápida e eficaz, identificando facilmente os pontos que necessitam de melhoria e agindo em tempo útil para evitar problemas de produtividade.

Redução do risco de errar

Tomar decisões com base em informação não-fidedigna é um dos erros mais cometidos no mundo dos negócios e um dos principais que leva ao fracasso. Um sistema de monitorização em tempo real alimenta constantemente o gestor em termos de informação, pelo que este vai ser conhecedor de todos os dados relevantes de que necessita para decidir de forma consciente.

Conhecimento do histórico da empresa

Um sistema de monitorização da frota em tempo real permite também eu o gestor avalie os resultados da frota ao longo do tempo e desse modo descobrir informações essenciais como desempenho dos motoristas consumo de combustível, gastos com horas extraordinárias, entre outros fatores relevantes.

Acompanhamento e cumprimento dos KPI’s

Uma empresa tem objetivos coletivos e individuais, mas muitas vezes os colaboradores acabam por se desfocar dos seus objetivos, o que tem um impacto negativo para a empresa. Um sistema de monitorização do negócio como o Multipeers4Fleets permite que cada colaborador tenha acesso aos seus KPI’s e que seja alertado sempre que o seu desempenho esteja fora dos padrões previamente estabelecidos.

O Multipeers4Fleets permite medir e analisar continuamente todos os acontecimentos do negócio de gestão de frotas, de modo a que o utilizador possa tomar as melhores decisões para o futuro do negócio. Através de dashboards simples e intuitivos é possível analisar os gastos de cada viatura da frota, encontrar os fatores que contribuem para um aumento de combustível, definir alertas sempre que acontece algo de importante, entre muitas outras funcionalidades.