A importância de gestão de indicadores para sua empresa

A importância de gestão de indicadores para sua empresa

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Conheça a importância da gestão de indicadores para a sua empresa

Mesmo os melhores produtos e serviços não sustentam sozinhos uma empresa. Ou seja, você pode comercializar algo que seja bastante atrativo para o seu público alvo, mas é preciso de muito mais para manter um negócio prosperando. Por isso, os conhecimentos administrativos são fundamentais, já que contam com ferramentas úteis e eficientes. Entre elas, a gestão de indicadores é de extrema importância para saber se a sua empresa está indo pelo caminho certo e, se não estiver, o que pode ser feito para que o negócio volte aos eixos. A questão é que, embora oferecer produtos e serviços de qualidade seja imperativo para o sucesso do seu negócio, não basta.

Outras empresas também podem ter a mesma qualidade no que oferecem, lembrando que a concorrência acirrada é uma realidade da grande maioria dos setores da economia. Dessa forma, é necessário ainda conhecer o mercado, o público alvo, saber onde vender, como vender e, acima de tudo, quais são os objetivos da sua empresa.

Não adianta ter a missão escrita em uma placa pendurada na parede do escritório ou no site da empresa, é essencial que todos os colaboradores estejam a par do objetivo e saibam como atingir as metas propostas. É nesse contexto que os indicadores entram, sendo que se referem aos números que podem ser usados para medir a atuação do seu negócio no mercado.

Com esses indicadores em mãos, é possível gerenciá-los, ou seja, tomar decisões a partir do que eles indicam. A partir disso, uma decisão nunca é um tiro no escuro, porque se dá por meio de dados concretos, sem achismos ou intuições. É muito importante uma correta gestão de indicadores.

Quais são os indicadores em uma empresa

Os indicadores em uma empresa são dados que podem ser levantados, ajudando na sua administração, uma vez que mostra como estão acontecendo as suas operações. Existem muitos tipos de indicadores e, para cada empresa, pode ser interessante mensurar mais especificamente alguns deles.

Para entender melhor,confira quais são alguns dos principais indicadores em uma empresa:

  • Indicadores de produtividade
  • Indicadores de capacidade produtiva
  • Indicadores de desempenho de processos
  • Indicadores de qualidade
  • Indicadores de efetividade
  • Indicadores de lucratividade
  • Indicadores estratégicos
  • Indicadores de competitividade

Todos esses indicadores se referem aos dados de uma empresa que podem ser obtidos por meio de levantamentos, relatórios e outras formas, permitindo que seja avaliado de modo mais profundo e detalhado o seu desempenho no ramo de atuação em que está inserido.

Muitas vezes, uma empresa começa vendendo um número de unidades por mês que parece suficiente, mas com o passar do tempo perceber-se que não é, e a empresa começa a perder mercado, por exemplo.

De modo semelhante, o empresário acredita que o tempo que um produto leva para ser fabricado está adequado, mas não, quando são feitas as contas e calculado o tempo gasto em relação ao seu custo. Esses são apenas alguns exemplos de questões que, não raro, são avaliadas erroneamente, porque não se faz uso dos indicadores.

Como medir os indicadores

Em uma empresa, mesmo de pequeno porte, é bem provável que o fluxo de informações diárias seja bastante volumoso. Por isso, você pode se perguntar, mas afinal, como medir os indicadores? Ou seja, como reuniu uma série de informações? Quer dizer, possível é, mas levaria muito tempo, não é mesmo? A gestão de indicadores é fundamental.

Não, se isso for feito com a ajuda de um sistema de gestão online que, além de tornar mais dinâmico o trabalhado da equipe, ao permitir que as tarefas sejam simplificadas e melhores controladas, também conta com ferramentas para mensurar os números importantes da empresa. Ao medir os indicadores, através de relatórios e outros recursos, é possível tomar decisões mais assertivas.

Além disso, existem softwares que possuem funções avançadas para medir os indicadores necessários, ajudando a administração da empresa a criar um planejamento estratégico para atingir com mais eficiência assuas metas. Vale dizer que para criar um plano de negócios de sucesso é indispensável dominar todos os dados de uma empresa.

Assim, é preciso saber quanto à empresa fatura, quanto é gasto com a produção, quais são os demais custos, como valor da matéria-prima, mãos de obras, etc. Com o total controle dessas e de muitas outras informações, pode-se não só tomar as melhores decisões como acompanhar o seu desenrolar e sempre estar pronto para os ajustes necessários.

Sobre o autor convidado:

A GestãoClick é uma empresa especialista na oferta de software de gestão empresarial para administradores que desejam tornar mais eficiente a rotina dos seus colaboradores.

Os maiores erros na definição de indicadores de negócio

Os maiores erros na definição de indicadores de negócio

Posted Leave a commentPosted in Definição de métricas de negócio

Evite os maiores erros na definição de indicadores de negócio

Definir indicadores de negócio de modo consciente é fundamental para se conseguir analisar o negócio objetivamente. É essencial que os indicadores analisados mostrem aos gestores o caminho a seguir, de modo a corrigirem-se erros e aplicarem-se novas estratégias. Existe ainda muita dificuldade em definir indicadores de negócio e neste artigo apresentamos os maiores erros que acontecem quando chega a hora de decidir que indicadores vamos analisar.

Soluções de monitorização erradas

A equipa que tem a responsabilidade de escolher os softwares de gestão muitas vezes não tem conhecimentos sobre as verdadeiras necessidades dos utilizadores destas ferramentas. Assim sendo, quem deve optar por escolher o software mais apropriado são os próprios gestores pois são eles que conhecem com pormenor os problemas que enfrentam diariamente. Cada vez mais os softwares de monitorização são simples e intuitivos, permitindo que qualquer pessoa, mesmo sem conhecimentos técnicos, entenda o seu modo de funcionamento.

Utilizar o Excel como plataforma de gestão de indicadores

O Excel é provavelmente a ferramenta mais utilizada em todo o Mundo nas empresas e é apreciado por apresentar uma interface simples de executar algumas funções muito usadas, como cálculos e planilhas. Contudo, o Excel apresenta pontos fracos que residem na qualidade e coerência da informação gerada. Os processos manuais do Excel são muito passíveis de falhas. Assim, é necessário reduzir o trabalho manual realizado no Excel. O Excel deve ser encarado como um visualizador de dados e não como um gerador de informação.

Olhar para o banco de dados como a solução para todos os problemas

Os bancos de dados são uma peça-chave de muitos sistemas analíticos, mas não deve ser encarado como a solução para todos os problemas de informação. Os bancos de dados não devem ser implantados antes de se analisar com pormenor as reais necessidades da organização. Para evitar este erro é preciso identificar o melhor método de integração e conhecer bem o acesso às informações.

Adquirir produtos de gestão para análises gerais

Quando o negócio não tem objetivos específicos bem definidos qualquer ferramenta serve pois só se consegue analisar o negócio de um modo muito superficial. Os softwares de monitorização do negócio devem ser aplicados quando a organização tem consciência das suas reais necessidades e quando sabe quais os indicadores que devem ser analisados para melhorar o seu desempenho.