Tipos de análise para conhecer melhor a concorrência

Tipos de análise para conhecer melhor a concorrência

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Vivemos num mundo muito competitivo e a área dos negócios não foge a esta regra. Assim, é essencial que as empresas conheçam bem a sua concorrência, de modo a saber quais ferramentas utilizar e quais estratégias adotar para vencer no mercado. As redes sociais vieram facilitar o acompanhamento da nossa concorrência, pois é muito fácil saber em que produtos ou serviços estão a apostar e quais as reações dos consumidores a estes mesmos produtos e serviços, por exemplo. No artigo de hoje, falamos sobre os tipos de análise para conhecer melhor a concorrência!

Análise preditiva

A análise preditiva é uma forma avançada de Data Analytics que tem como objetivo responder à questão “o que vai acontecer?”. É um tipo de análise que faz previsões através de probabilidades. Esta análise é possível graças a técnicas como análise de regressão e progressão, correspondência de padrões e diversos tipos de estatística. Este tipo de Data Analytics é muito utilizado em empresas do mercado de ações e investimentos. É um tipo de análise muito importante, pois permite-nos compreender a atuação das empresas nos mercados e antecipar problemas e tendências.

Análise diagnóstica

A análise diagnóstica vai explicar-nos porque é que determinada coisa aconteceu. Este tipo de análise vai relacionar todos dados e informações disponíveis, de modo a encontrar padrões de comportamento que possam explicar os resultados. É uma análise importante para encontrar problemas e sobretudo para evitar repeti-los no futuro. Permite-nos relacionar a nossa atuação com a atuação da nossa concorrência, o que faz com que seja possível encontrar pontos de melhoria e minimizar ações nefastas para a imagem da empresa.

Google Alerts

Esta é uma ferramenta muito simples e muito fácil de usar. Se quiser ser alertado todas as vezes que a sua concorrência for citada no mundo Web, basta monitorizar as palavras-chave relacionadas com a concorrência. Poderá sempre saber em que áreas os seus concorrentes estão a ter destaque e esta poderá ser uma excelente forma de descobrir tendências de mercado!

Benchmarking Competitivo

O benchmarking é um instrumento que visa melhorar o desempenho de modo a posicionar-se à frente da concorrência. O processo baseia-se na aprendizagem com as melhores experiências das empresas que atuam no mesmo setor de atividade: é o chamado “aprender com os melhores”. O benchmarking competitivo tem como objetivo a análise da concorrência direta e centra-se na comparação dos produtos e serviços, métodos, estratégias e campanhas utilizadas. O objetivo é superar o bom desempenho da concorrência através da melhoria dos métodos por ela utilizados.

SocialMention

Esta ferramenta permite acompanhar tudo aquilo que se passa nos blogs, vídeos e redes sociais. Quando procurar por um termo, seja ele uma palavra-chave ou o nome de uma empresa, a ferramenta mostra-lhe tudo o que está a ser dito sobre aquele termo em blogs e plataformas sociais. O uso dela é muito similar ao Google Alerts, mas além das publicações em sites, também nos mostra as partilhas nas redes sociais e nas plataformas de vídeo, aumentando assim a sua abrangência.

As melhores ferramentas para uma tomada de decisão eficaz

As melhores ferramentas para uma tomada de decisão eficaz

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Todos os gestores enfrentam diariamente o desafio de tomar decisões. Num mercado tão agitado e em que a informação flui a um ritmo muito acelerado, nem sempre é fácil ter a informação certa no momento certo, o que complica o processo da tomada de decisão. É fundamental que os gestores se dotem das ferramentas adequadas para que consigam tomar decisões objetivas e assertivas. No artigo de hoje, falamos sobre as melhores ferramentas para uma tomada de decisão eficaz!

Soluções de armazenamento na Cloud

mobilidade é uma tendência em crescimento e em muitos setores é já uma realidade de todos os dias. Os colaboradores e os gestores devem ter um fácil acesso às informações mais importantes sobre o negócio, pois só assim conseguirão tomar decisões eficazes e no momento certo. A cloud computing veio facilitar a mobilidade laboral, ao permitir que documentos importantes do negócio sejam consultados e editados em qualquer lugar. Isto vai contribuir para uma tomada de decisão efetiva.

Ferramenta de informação em tempo real

O dia-a-dia de um gestor é bastante atarefado e é humanamente impossível conseguir acompanhar todas as situações que acontecem no negócio. É muito importante ter um sistema de monitorização do negócio em tempo real que permita definir alertas de negócio para que seja avisado sempre que alguma situação importante requer intervenção imediata. O Multipeers é um sistema BAM que permite que defina alertas de negócio que o avisam sempre que uma situação requer a sua atenção. Deste modo, vai estar sempre a par dos eventos do seu negócio e vai poder decidir em tempo útil. Muitas das decisões são tomadas com base em relatórios com alguns dias de atraso, o que faz com que a empresa tenha uma ação reativa e não proativa. Com o Multipeers vai conseguir estar sempre à frente da concorrência.

KPI’s

Os KPI’s relacionam-se com o ponto anterior. Um KPI – indicador de performance – é um valor que demonstra se a empresa está a atingir os seus principais objetivos. A empresa pode e deve ter KPI’s bem definidos. Do mesmo modo, cada departamento e colaborador deve conhecer os seus KPI’s de modo a que possa trabalhar no sentido de atingir os seus objetivos e ajudar a empresa a crescer. “Se não sabemos para onde vamos qualquer caminho serve”: deste modo, é indispensável que cada colaborador conheça o seu papel na empresa para que possa orientar o seu trabalho diário no sentido de atingir todos os seus objetivos. Com o Multipeers, é possível acompanhar os KPI’s em tempo real.

Ciclo PDCA

PDCA é a siga para planear, fazer, verificar e agir. É uma técnica de gestão ligada à melhoria dos processos de uma empresa. O seu objetivo é solucionar problemas, apontando as causas para potenciais desvios e falhas produtivas. Este processo torna a organização da empresa mais eficiente a longo prazo e é essencial que se aplique desde o momento de criação de um negócio, para que a melhoria possa ser contínua. Com base nesta ferramenta, é possível tomar decisões mais eficazes pois existe um maior conhecimento sobre a empresa.

7 Lições de Steve Jobs para gerir melhor o seu negócio

7 Lições de Steve Jobs para gerir melhor o seu negócio

Posted 1 CommentPosted in Dicas de Gestão

O nome de Steve Jobs não deixa ninguém indiferente. Além das incríveis tecnologias que desenvolveu ao longo da sua vida, Steve Jobs também deixou uma história que inspira ainda muito empreendedores e gestores. A sua forma única de enfrentar os desafios e de gerir pessoas é uma inspiração para muitos profissionais. No artigo de hoje, destacamos as 7 principais lições de Steve Jobs para gerir melhor o seu negócio!

Aceite que não pode fazer tudo sozinho

Muitos gestores pensam que conseguem fazer tudo sozinhos e isso é um grande erro, pois pode até comprometer toda a atuação da empresa. Ouvir a opinião das equipas de trabalho é essencial para conhecer outros pontos de vista e outras formas de resolver o mesmo problema. Steve Jobs não criou o iPhone sozinho e dava imenso valor à opinião daqueles que o rodeavam.

Mantenha o foco mesmo no meio do caos

Todos os gestores precisam de foco para orientar o seu trabalho. Quando Steve Jobs chegou à Apple, encontrou um cenário caótico, onde várias versões do Macintosh estavam a ser produzidas em simultâneo. Foi necessário orientar a equipa de trabalho, mantendo o foco em dois produtos: um computador portátil e uma versão Desktop. O resultado final foram dois produtos bem conseguidos e que respondiam às necessidades reais dos clientes.

Faça aquilo de que realmente gosta

Atualmente, não é fácil trabalharmos apenas naquilo que gostamos, mas ter paixão pelo nosso trabalho vai fazer toda a diferença nos resultados finais. Jobs gostava muito da área em que trabalhava e por isso empenhava-se mais do que a maioria das pessoas. Só com verdadeira paixão pelo nosso trabalho é que conseguiremos ser felizes todos os dias!

Simplifique os processos

“A simplicidade é a sofisticação definitiva”: este era o lema de marketing da Apple. Steve Jobs desejou que todas as ações do iPhone se concretizassem em 3 cliques apenas. É fundamental que as empresas ofereçam soluções práticas e simples aos seus clientes, pois o consumidor de hoje é muito exigente e gosta de soluções prontas a usar e fáceis de manusear.

Aprenda com os erros

Até os melhores profissionais erram e Steve Jobs não foi exceção. Muitos gestores ficam frustrados quando erram e não conseguem triar partido das lições que todos os erros têm para nos oferecer. Depois de uma queda, é preciso ter força suficiente para se erguer e isso consegue-se através de uma análise objetiva e realista sobre o que correu mal.

Não se acomode

Muitas empresas acomodam-se quando atingem o patamar de sucesso desejado. É um erro pensar que podem acomodar-se e que já não precisam de se esforçar mais para agradar os clientes. A inovação e a procura de melhorias deve ser uma constante na ação das empresas, pois só assim conseguirão ter negócios dinâmicos e rentáveis.

Procure a perfeição em tudo o que faz

Não basta entregar o que é aceitável: é preciso ir mais além e procurar fazer sempre o melhor possível. A perfeição é um conceito subjetivo, mas se cada colaborador e gestor de uma empresa fizer o seu máximo em todas as tarefas, o resultado final será excecional e será muito difícil que a concorrência consiga fazer melhor!

 

5 Estratégias infalíveis para fidelizar clientes

5 Estratégias infalíveis para fidelizar clientes

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Não há dúvidas de que os clientes são o público mais importante de qualquer negócio. Toda a atuação das empresas é pensada para agradar o cliente e cada vez mais os gestores encontram dificuldades em agradar o consumidor atual, que é muito mais informado e exigente do que antes. Assim, mais importante do que conquistar novos clientes é garantir que os atuais estão satisfeitos, de modo a que consigamos fideliza-los à nossa marca e aos nossos produtos e/ou serviços. Numa época em que o consumidor vive online, é preciso desenvolver táticas que vão de encontro às necessidades reais dos nossos clientes atuais. No artigo de hoje, apresentamos 5 estratégias infalíveis para fidelizar clientes!

Ouça atentamente o cliente

Os clientes gostam de falar e de sentir que as empresas estão atentas às suas necessidades e desejos. Muitos vendedores caem no erro de falar demasiado, pois pretendem mostrar, em pouco tempo, todos os benefícios do produto ou serviço que têm para oferecer. Contudo, os consumidores atuais procuram soluções rápidas pois vivemos numa sociedade que está constantemente com pressa e se falar demasiado, os seus clientes irão ficar entediados, sobretudo se ouvirem um discurso estandardizado. Assim, é muito importante que ouça primeiro tudo o que o cliente tem para lhe dizer, para depois poder apresentar as soluções possíveis de uma forma prática e bastante objetiva.

Acompanhe os resultados das suas ações

Não basta lançar ações de marketing e campanhas e não monitorizar os seus resultados. É muito importante que defina indicadores e analise todos os resultados das suas ações. Só deste modo é que será capaz de promover uma melhoria contínua, que certamente terá efeito também no número de clientes angariados. O mercado atual é muito dinâmico e deve garantir que o seu produto ou serviço não fica estático. O Multipeers ajuda-o a acompanhar em tempo real todas as ações de marketing lançadas, através de um dashboard simples e muito intuitivo. Assim, com recurso a esta ferramenta, conseguirá agir em tempo útil caso alguma das suas campanhas não esteja a produzir os efeitos pretendidos.

Use uma boa estratégia de conteúdo

O marketing digital está cada vez mais presente nas estratégias das empresas e muitas marcas utilizam uma estratégia de conteúdo, em que escrevem artigos e estudos de caso sobre a sua área de atuação. Isso vai fazer com que os atuais clientes olhem para a empresa como uma entidade de referência e isso vai aumentar a confiança e a probabilidade de continuarem fiéis à marca e de a recomendarem a outras pessoas.

Ofereça promoções exclusivas para clientes atuais

A maior parte das empresas utiliza uma estratégia de captação de novos clientes em que oferece preços mais acessíveis aos clientes novos e cobra valores mais elevados aos clientes atuais. Essa estratégia é muito utilizada pelas empresas de serviços de televisão, por exemplo. Ainda que seja aceitável que se pretenda conquistar novos clientes através do preço, não podemos deixar de pensar que os clientes atuais vão sentir-se mal por não terem também algum tipo de desconto. Assim, uma das melhores formas de fidelizar os clientes atuais é oferecendo-lhes algo por serem nossos clientes. Pode ser um desconto na próxima compra, por exemplo. O importante é que o cliente se sinta especial por já ser nosso cliente! E isto também vai ser importante para os potenciais clientes, que vão entender que a empresa valoriza os clientes que já tem e vai ser mais fácil conseguir fidelizar esses clientes no futuro!

Continue presente depois da venda

A venda não se extingue no momento em que é concretizada. Este momento apenas marca o início da relação com o cliente. Assim, é necessário continuar a criar processos para conhecer melhor o cliente. Saiba qual é a data de nascimento do cliente e faça uma ação de marketing direcionada no dia do seu aniversário. O serviço pós-venda é um dos fatores mais importantes fidelizar o cliente, por isso, não descuide esta área!

5 Tecnologias que podem ajudar sua empresa

5 Tecnologias que podem ajudar sua empresa

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

É praticamente impossível pensar, nos dias de hoje, em uma empresa, mesmo de pequeno porte, que não faça uso de diferentes tipos de tecnologias. Afinal, as ferramentas tecnológicas estão no dia a dia de uma grande parcela da população.

Isso se deve à popularização de diversos recursos, mas também devido a sua facilidade de uso, praticidade e eficiência que proporciona para as mais diversas atividades. Então, porque ainda existem negócios que não agregaram a tecnologia na sua rotina?

Existem ferramentas disponíveis para todos os setores de um empreendimento. Então, continue lendo este artigo e conheça as 5 tecnologias que podem ajudar sua empresa nos tópicos a seguir.

  • Sistema de automação de marketing
  • Gerenciamento de projetos
  • Ferramenta de colaboração
  • Software de gestão empresarial
  • Gestão de relacionamento com o cliente

1 – Sistema de automação de marketing

Gerenciar o marketing de maneira funcional é o jeito ideal de aumentar a eficiência desse setor. Embora muito importante, nem todos os negócios possuem o setor de marketing ou uma equipe completa. Portanto, as ferramentas tecnológicas de automação em marketing são grandes aliadas das ações e campanhas publicitárias. É possível encontrar aplicativos variados nesse setor, como os que disparam e-mails e anúncios de acordo com a segmentação do público alvo. Eles também tornam mais ágil o envio de conteúdo para os consumidores em potencial conforme a fase do funil de vendas. Dessa forma, o que levaria horas e mais horas para ser executado manualmente pode ser feito em pouco tempo com essa tecnologia.

2 – Gerenciamento de projetos

Os programas de gerenciamento de projeto são outros exemplos de tecnologias que podem ajudar sua empresa. Atualmente, há uma ampla variedade desses aplicativos, sendo que basicamente eles permitam que se trabalhe em equipe mesmo à distância. Neles, é possível determinar uma tarefa para cada membro, estipular prazo de entrega e mesmo acompanhar o seu desempenho. Entre as demais funções está o compartilhamento de arquivos a fim de fazer um trabalho colaborativo, trocando impressões e ideias. Embora sejam mais indicados para projetos com início e fim, os aplicativos de gestão de projetos também podem ser usados de maneira ininterrupta. Assim, servindo para organizar as tarefas da equipe e distribuir as mesmas.

3 – Ferramenta de colaboração

Existe ainda as ferramentas de colaboração, que contribuem para o aumento do desempenho da sua empresa a medida que todas as suas informações são reunidas para uma permanente análise. Como diz o ditado, informação é poder. Dessa forma, empresários conseguem acompanhar e controlar todos os dados que envolvem o seu negócio e o mercado de atuação. E, por consequência, fazer previsões mais assertivas e sempre tomar a melhor decisão. Os dados são apresentados por meio de gráficos e outros conteúdos interativos. Com isso, as conclusões são obtidas com facilidade e rapidez. Além disso, essa ferramenta é personalizável de acordo com cada nicho de mercado e as necessidades do usuário.

4 – Software de gestão empresarial

Mais uma tecnologia indispensável para empresas de todos os portes e segmentos de mercado é o software ERP, um sistema de gestão empresarial que permite tornar o trabalho da sua equipe mais dinâmico. Para tanto, todos os dados do seu negócio são informatizados. Os setores se conectam e os procedimentos são automatizados. Assim, geração de boleto bancário, emissão de nota fiscal, controle de estoque, fluxo de caixa e as demais tarefas são executadas em uma única plataforma, aumentando a eficiência no seu negócio. É possível ainda contar com um quadro de profissionais reduzido. Afinal, mesmo com uma equipe pequena consegue-se realizar todas as atividades cotidianas, mais rápido, sem perder em qualidade e sem que ninguém fique sobrecarregado.

5 – Gestão de relacionamento com o cliente

O software CRM, um sistema de gestão de relacionamento com o cliente, é mais uma das tecnologias que podem ajudar sua empresa. Com ele, você consegue organizar todas as informações dos seus clientes e dos consumidores em potencial da sua marca. No entanto, mais do que uma lista de contatos bem elaborada, o CRM integra esses dados armazenados. O resultado é a possibilidade de analisar as interações com clientes, prever necessidades e criar campanhas assertivas. Essas funcionalidades levam ao aumento da conversão de vendas e ao posterior sucesso do seu negócio.

A IT REFRESH é uma empresa que reúne diferentes soluções para atender as necessidades do seu empreendimento. Clique aqui e confira os sistemas de gestão customizados e disponíveis para você.

 Um artigo by: IT REFRESH
Qual o impacto da análise em tempo real para os negócios?

Qual o impacto da análise em tempo real para os negócios?

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Os negócios acontecem a um ritmo muito rápido atualmente, o que obriga a que os gestores necessitem de acompanhar em tempo real tudo aquilo que se passa nas empresas, sob pena de perderem informações relevantes que fazem falta para uma tomada de decisão consciente. Hoje em dia, já não é aconselhável analisar apenas relatórios com alguns dias de atraso: o mercado exige que esteja sempre a par do que acontece no seu negócio. No artigo de hoje, vamos perceber qual é o impacto da análise de dados em tempo real para os negócios.

Tomada de decisão mais eficiente

Quando sabe exatamente o que se passa no seu negócio, é muito mais fácil tomar a decisão certa. Analisar o negócio em tempo real vai dar-lhe todos os inputs necessários para que possa decidir conscientemente sobre o melhor rumo a tomar. Os relatórios com alguns dias apresentam informação desatualizada, que não corresponde ao estado real da empresa naquele momento. Por isso, muitas vezes as decisões tomadas são desajustadas e não beneficiam o negócio. Monitorizar o negócio em tempo real vai mudar este cenário, pois vai ter informação fidedigna na sua mão e vai conseguir tomar decisões mais acertadas.

Possibilidade de corrigir desvios nos processos operacionais 

Uma falha no processo de produção pode significar problemas sérios com clientes, fornecedores e parceiros se não for detetado e corrigido em tempo útil. Acompanhar o processo produtivo em tempo real permite identificar eventuais falhas e a sua respetiva correção, sem deixar que o processo com um problema se arraste até à sua fase final. Assim, mesmo que existam problemas na fase de produção, será mais fácil evitar que estes problemas tenham impacto no resultado final.

Utilização de múltiplas fontes de dados e conteúdos

Com a utilização de um sistema de análise de dados em tempo real é possível agregar num só sistema toda a informação relativa à empresa. Deste modo, o acesso à informação torna-se bastante mais fácil e reduz-se o tempo que anteriormente se gastava a juntar informação oriundas de diversas fontes. Já não vai existir a necessidade de abrir múltiplos programs para perceber o que se passou num determinado momento.

Possibilidade de definir alertas de negócio

Os softwares de monitorização do negócio como o Multipeers permitem que se definam alertas de negócio sempre que acontecer um desvio ao que é considerado normal dentro da sua empresa. Onde quer que esteja, será notificado por SMS ou e-mail sobre eventuais alterações e poderá agir de imediato, antes mesmo de haver prejuízos para a organização. Esta revela-se uma enorme vantagem competitiva pois possibilita uma ação imediata, antes mesmo de existirem consequências para os processos da empresa.

Gestão de pessoas mais eficiente

A informação em tempo real sobre os recursos humanos pode ser uma grande vantagem competitiva para as empresas que pretendem adaptar-se a mudanças mais rapidamente. Os sistemas de monitorização permitem obter dados imediatos sobre a distribuição dos colaboradores nos diferentes setores da empresa, bem como informação atualizada sobre a sua disponibilidade. Assim, torna-se mais fácil gerir equipas e otimizar o trabalho dos colaboradores, aumentando o rendimento coletivo.

Otimização de tempo: 4 ferramentas essenciais para automatizar seu negócio

Otimização de tempo: 4 ferramentas essenciais para automatizar seu negócio

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

“Tempo é dinheiro”. Onde esse mantra é mais verdade que no mundo dos empreendimentos? Se você quer grandes resultados, vai ter que trabalhar muito por eles. Isso significa que terá que encontrar tempo para encaixar tanto trabalho, certo? Não só. Não basta fazer muito, é preciso fazer bem! Um tempo menor, mas bem aproveitado, vale mais do que muito tempo disponível, mas desperdiçado, mal aplicado ou sem clareza quanto aos objetivos a serem alcançados. E, o pior de tudo, se o seu fazer é desacelerado não só pela falta de organização ou clareza, mas também pela falta de disposição, otimizar bem o tempo é a melhor escolha que se pode fazer. Se você é daqueles que não dispõe de muito tempo, mas que já vem trabalhando bem, isso pode ficar ainda melhor. Pense no que você pode alcançar se usar a tecnologia a seu favor. Com certeza seus resultados serão ainda melhores. Neste caso, o melhor caminho é a automação comercial . Não sabe o que é? A gente te ajuda! Venha conhecer algumas ferramentas que podem automatizar seu negócio, lhe auxiliando quanto à otimização do tempo!

1. As melhores ferramentas pensam!

Antes de recorrer à tecnologia, saiba que a sua inteligência é a sua primeira ferramenta. Afinal, é você que vai definir seus objetivos e planejar (bem) quais serão seus primeiros passos para alcançá-los.
Para aumentar sua produtividade, você não precisa gastar apenas o seu tempo. É possível usar ferramentas e softwares (ou seja, programas de computador), assim como contratar outras cabeças pensantes.
Dependendo do tamanho do seu negócio, delegar tarefas pode ser uma excelente solução. Você pode, por exemplo, contratar um administrador de empresas ou contador, ou ainda, uma empresa que lhe auxilie com tudo isso.
A Produtividade Máxima, por exemplo, é uma empresa que pode lhe auxiliar tanto com conhecimentos e técnicas que lhe farão saber como gerir seu empreendimento, lhe mostrando quais as melhoras ferramentas para automatizar seu trabalho, e torná-lo ainda mais eficaz.
O melhor é que todo o trabalho de consultoria é online, então não importa onde você esteja e de onde seja o seu negócio, tudo está ao seu alcance!

2. Asana

Asana é uma ferramenta de gerenciamento de projetos muito fácil de usar, e que conta com muitas funcionalidades. Por isso ela é amplamente utilizada em todo o mundo, pelos mais diversos empreendedores.
Essa plataforma online é uma espécie de gerenciador colaborativo de tarefas que ajuda a organizar, rastrear e gerir o trabalho.
No Asana é possível criar e gerenciar os projetos, controlar as próximas etapas, avaliar o desempenho do trabalho em equipe, entre outras opções.

3. Leadlovers

O LeadLovers é uma ferramenta de Automação de Marketing Digital, uma plataforma 100% online para qualquer empresa que possua vários serviços para automatizar e otimizar as estratégias, independentemente da área de atuação.
Com essa plataforma, você pode facilmente criar as estratégias de email-marketing e automatizá-las, para não perder tempo com as atividades operacionais.
Além disso, pode criar páginas sem precisar ter conhecimento de programação, nem precisar contratar um designer.
Não é ótimo? Marketing digital é fundamental para qualquer negócio hoje em dia. Poder contar com uma ferramenta desse tipo ajuda muito a economizar tempo e dinheiro.

4. Gestãoclick

Um software de gestão empresarial (ERP) com diversas ferramentas que auxiliam os pequenos e médios empreendedor a otimizar seu tempo.
Uma delas é o controle financeiro, que conta com diversas funcionalidades que podem te ajudar a organizar diversos aspectos do dia a dia do seu negócio, tais como:
• Contas a pagar.
• Contas a receber.
• Conciliação bancária.
• Emissão de boletos.
• E muito mais!
Além do controle financeiro, é possível controlar também o estoque, emitir notas fiscais, controlar orçamentos, cotações, compras e tantas outras funcionalidades.
Trata-se de um dos mais completos sistemas de gestão empresarial do mercado, voltado especificamente para pequenas e médias empresas.
E o melhor de tudo é que você pode contar com privacidade, segurança e backup de todos os dados. Se estiver em dúvida sobre como funciona, é possível experimentar gratuitamente.

Se você quer otimizar o seu tempo e se ocupar do crescimento real do seu negócio, invista em ferramentas digitais. Uma consultoria com a Produtividade Máxima também pode ajudar. Pense nisso! Faça seu tempo render bons frutos.

Um artigo by: Gestão Click

CRM: tire o máximo partido desta ferramenta e aumente as suas vendas

CRM: tire o máximo partido desta ferramenta e aumente as suas vendas

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Um CRM é uma ferramenta indispensável para as áreas de marketing e de vendas, pois permite organizar os contactos e criar um histórico de follow up que se revelará extremamente últil em todo o contacto com o cliente. CRM é a sigla para Customer Relationship Management, ou seja, Gestão do relacionamento com o cliente e é utilizado por milhares de empresas para gerirem o seu relacionamento com os atuais e potenciais clientes. Este software tem como objetivo proteger as informações comerciais de uma empresa. Ao mesmo tempo, um CRM ajuda a identificar as melhores ações e a melhor altura para contactar o cliente, de modo a impulsionar a venda. Do mesmo modo, permite avaliar objetivos e avaliar a equipa de vendas. Mas, como tirar o máximo partido desta ferramenta e aumentar as vendas?

Reduz os custos com TI, recursos humanos e perdas de produtividade

Um software de CRM quando é bem utilizado ajuda a aumentar a produtividade de uma empresa e reduz a probabilidade de erro por parte dos recursos humanos. A redução dos erros permite que as vendas se efetuem de uma forma mais simples e consequentemente a empresa sai a ganhar, uma vez que vê os seus lucros aumentarem. O CRM permite que nenhum contacto com um potencial cliente se perca, garantindo desta forma que tudo é feito para que a venda se concretize.

Maior sintonia entre marketing e vendas

Com recurso a um CRM é mais fácil que as áreas de marketing e de vendas trabalhem em conjunto, de modo a conhecer melhor as necessidades reais de um determinado cliente. A sintonia destas duas áreas permite que se contactem os clientes no momento mais adequado e através do canal que eles privilegiam, permite determinar o tipo de mensagens a enviar para cada cliente e permite que haja uma transição suave do marketing para as vendas, sem que se force o potencial cliente a decidir comprar.

Melhor relação com o cliente

Este é o ponto fulcral do uso de um CRM. Toda a atividade de uma empresa se centra no cliente, pelo que é imprescindível encontrar formas de melhorar a relação com este público. Um CRM permite que se conheça as necessidades do cliente e que nunca se perca uma oportunidade de fazer follow up. Através do conhecimento das características principais de um potencial cliente, é possível prestar um serviço muito mais orientado e de acordo com aquilo que o cliente precisa. Deste modo, o cliente sentir-se-á importante para a empresa e a probabilidade de efetuar uma compra aumenta significativamente.

 

É essencial que hoje em dia as empresas conheçam em tempo real tudo aquilo que se passa no negócio. O Multipeers permite acompanhar a cada momento tudo o que se passa em cada setor da empresa, através da ligação às diversas fontes de dados que existem. O CRM aliado a uma ferramenta de monitorização em tempo real torna-se numa importante ferramenta estratégica que traz inúmeras vantagens para as organizações!

Que dashboards não podem faltar na sua empresa?

Que dashboards não podem faltar na sua empresa?

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Um dashboard é um painel de controlo que apresenta de forma visual as informações mais importantes sobre o negócio. No caso de utilizar uma ferramenta como o Multipeers, a informação é atualizada permanente e automaticamente, de modo a que tenha ao seu dispor as informações mais atuais sobre tudo aquilo que se passa na empresa. Ao utilizar um dashboard, consegue facilmente perceber se os seus objetivos de negócio estão a ser cumpridos. Relacionar os KPI’s com as atividades do dia-a-dia é essencial para que os objetivos individuais e globais sejam alcançados de forma mais simples. No artigo de hoje, deixamos-lhe 5 dashboards que não podem faltar na sua empresa!

Dashboard executivo

Um dashboard executivo agrupa informações imprescindíveis para a tomada de decisão. É um painel que usa recursos gráficos para simplificar a compreensão geral da informação. É um dashboard muito útil para analisar os KPI’s e todos os processos de uma empresa. Esta ferramenta executiva por norma baseia-se em metodologias de gestão, como o Balance Scorecard. O objetivo deste painel é dotar todos os executivos com o acesso a dados importantes para a avaliação correta de novas oportunidades e de pontos de melhoria.

Dashboard operacional

Este painel é utilizado pelas equipas de trabalho e foca-se nos processos que cada equipa necessita para desempenhar as suas funções. Os dados que constam deste painel visam identificar pontos críticos da operação, auxiliando a sua correção. Facilitam ainda a comunicação entre todos os membros de uma mesma equipa.

Dashboard analítico

Este painel oferece informações detalhadas e utiliza-se para definir tendências em relação aos objetivos corporativos. Este painel permite que seja possível perceber os resultados de ações internas, bem como reações do público externo relativamente a campanhas. Um bom exemplo deste tipo de dashboard é o Google Analytics.

Dashboard de gestão de projetos

Os dashboards de gestão de projetos permite acompanhar toda a gestão do projeto, desde atividades previstas, cronogramas, entre outros aspetos. É uma ferramenta muito importante porque diminui a probabilidade de errar e aumenta a eficácia da comunicação.

 

Os gestores nem sempre conseguem identificar desvios nas rotinas de trabalho em tempo útil, o que compromete a produtividade do negócio. Os dashboards juntam o histórico das operações da empresa e pode definir padrões para detetar desvios e anomalias em tempo real. Assim, o sistema é capaz de perceber que algo não está bem e de alertá-lo de imediato para que possa agir antes de se tornar um problema sério!

 

Como a integração dos processos aumenta a produtividade

Como a integração dos processos aumenta a produtividade

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

A integração dos departamentos de uma empresa é fundamental para que exista um ambiente profissional equilibrado e com níveis máximos de produtividade. A boa comunicação interna ajuda a melhorar o desempenho das equipas, mas sozinha não consegue extrair o melhor de cada setor. Assim, para garantir níveis máximos de resultados, a integração dos processos é uma estratégia imprescindível. No artigo de hoje, vamos responder à questão: como a integração de processos aumenta a produtividade?

Agilização de processos

A aproximação dos funcionários reduz as burocracias e melhora a agilização dos processos. É importante que existam reuniões frequentes para se saber o que cada equipa está a fazer e também para que os planos para o futuro sejam definidos. É essencial que a informação entre departamentos flua rapidamente, para que cada departamento não tenha que esperar pelos outros para saber o que se passa.

Maior produtividade

Este é o maior benefício da integração dos processos e é o grande objetivo de todas as empresas. Quando os colaboradores trabalham em sintonia, é mais fácil responder às necessidades produtivas e a comunicação interna e externa sai beneficiada. A boa comunicação entre os departamentos e a boa interligação dos processos evita problemas de entendimento e no final a empresa é quem mais ganha.

Redução no tempo da execução das tarefas

As tarefas realizadas manualmente consomem muito mais tempo do que aquelas que podem ser realizadas por softwares, sendo esta uma das principais vantagens da automatização dos processos para as empresas. Um sistema automatizado e interligado vai permitir que uma determinada tarefa seja programada uma única vez e a partir desse momento ela será repetida com exatidão e eficácia, consumindo menos tempo e eliminando a probabilidade de errar.

Redução de custos

Quando os processos estão automatizados, os colaboradores tornam-se mais produtivos e isso é muito bom para as finanças da empresa. A automatização dos processos contribui para a diminuição de perdas e otimiza a produção. Um bom exemplo é o facto de os sistemas automatizados serem pensados para poupar energia quanto não estão a produzir.

 

Dica:

Analisar o negócio em tempo real é a tendência do futuro e cada vez mais empresas optam por utilizar ferramentas de monitorização do negócio como o Multipeers. Com recurso a esta ferramenta, é possível saber o que se passa na empresa em cada momento. Permite ainda a definição de alertas de negócio para que o utilizador seja alertado sempre que algo fuja ao previamente estabelecido.