Definição de métricas de negócio

5 Dicas para definir bons indicadores de desempenho para o seu negócio

5 Dicas para definir bons indicadores de desempenho para o seu negócio

Os indicadores de desempenho do negócio, ou KPI’s, são uma ferramenta imprescindível para garantir que o seu negócio está a caminhar na direção correta. Com base nos indicadores e no desempenho da empresa, os gestores podem tomar decisões mais assertivas e mais informadas. No artigo de hoje, apresentamos 5 dicas para definir bons indicadores de desempenho para o seu negócio!

Simplifique os indicadores

Os KPI’s devem ser simples, para que toda a equipa seja capaz de compreendê-los. Se complicar muito um KPI corre o risco de não conseguir extrair qualquer informação útil da sua análise pois não será entendível por parte da sua equipa. E se os colaboradores não entenderem o indicador podem ficar desmotivados, o que prejudica todo o desempenho da empresa.

Defina indicadores possíveis de avaliar

Para que um indicador seja bem definido é necessário que seja possível medi-lo de forma simples ou rápida, isto é, deve optar sempre por indicadores quantitativos e não qualitativos. No caso dos indicadores qualitativos, existe uma grande probabilidade de haver uma avaliação subjetiva. Por exemplo, em vez de ter como objetivo melhorar as vendas, estabeleça um indicador sobre a taxa de conversão em vendas com um intervalo de valores definido. Será mais fácil perceber se o objetivo do indicador está a ser alcançado.

Faça uma análise exaustiva antes de definir indicadores

Não existe uma receita milagrosa no que diz respeito a indicadores. Há indicadores que se adequam a um tipo de negócio, mas que não fazem qualquer sentido noutras áreas de atividade. Definir indicadores apenas por definir vai criar ruído prejudicial à performance dos colaboradores e isso terá um impacto negativo nos resultados finais da empresa.

Torne este processo dinâmico

Um indicador que ontem era bastante importante e completamente adequado à realidade da empresa, hoje pode ter perdido a sua relevância. As empresas são organismos vivos e dinâmicos e como tal as mudanças devem ser acompanhadas em todas as áreas da empresa. Avalie pelo menos a cada três meses se os indicadores que tem “ativos” continuam a ser os mais adequados para o seu negócio.

Envolva toda a equipa na definição

É muito mais simples conseguir a colaboração das pessoas se estas estiverem presentes no momento de definição dos indicadores que devem atingir. As equipas conhecem melhor a sua realidade do que os gestores de topo, pelo que é aconselhável contar com a colaboração de cada equipa no momento de definir os indicadores de cada departamento. Deste modo, cada colaborador vai sentir-se envolvido no processo e, consequentemente, estará mais motivado para atingir os objetivos desejados!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *